clique para ir para a página principal

Governo zera impostos de importações de medicamentos e produtos de combate à Covid-19

Atualizado em -

Governo zera impostos de importações de medicamentos e produtos de combate à Covid-19 Robson Valverde / SES-SC
► Butantan cria vacina contra Covid-19► Anvisa começa análise de novo pedido de uso emergencial da Sputnik V

Na segunda-feira (29), o Ministério da Economia informou que o Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu por zerar os impostos das importações de mais de 65 itens, entre produtos e medicamentos, de combate à coronavírus.

A decisão foi tomada em função de um cuidado sobre a chance de desabastecimento dos itens essenciais para auxiliar o tratamento de pacientes com quadros clínicos graves de covid-19.

A medida inclui medicamentos como: anestésicos, calmantes, analgésicos e antibióticos. Também estão inclusos monitores para leitos e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), equipamentos para análise de gases respiratórios e central de monitoração, carrocerias e caminhões-tanque para transporte de cargas.

Com isso, a Lista Covid-19, que inclui os itens que tiveram taxas zeradas, passa a contemplar 628 produtos. A vigência dessa lista vai até o dia 30 de junho de 2021.

“O governo federal monitora e promove ajustes na mencionada lista levando em conta a avaliação das circunstâncias epidemiológicas verificadas no país. Desde o ano passado, incluindo esta, o Gecex emitiu 19 resoluções sobre reduções tarifárias ao amparo da Lista Covid-19, considerando a avaliação do abastecimento brasileiro de produtos relativos ao setor de saúde no decorrer das fases da pandemia”, informa o ministério da Economia.

Relacionados:

► Butantan cria vacina contra Covid-19► Anvisa começa análise de novo pedido de uso emergencial da Sputnik V

Leia mais: