clique para ir para a página principal

Petrobras adia início de produção do campo de Mero; Estatal conclui venda de parques eólicos no RN

Atualizado em -

Petrobras adia início de produção do campo de Mero; Estatal conclui venda de parques eólicos no RN Steferson Faria | Petrobras
► ANP: Produção de petróleo e gás natural recua em fevereiro► Petrobras informa alta de 39% no preço do gás natural

A Petrobras informou que a previsão de início de produção do campo de Mero 1, através do FPSO Guanabara, foi postergada do 4º trimestre de 2021 para o 1º trimestre de 2022. O FPSO (Unidade Flutuante de Produção, Armazenamento e Transferência) será instalado em Mero, pertencente ao Bloco de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, com capacidade de processamento de 180 mil barris de óleo por dia.

De acordo com a estatal, o FPSO está em conversão na China e em função do cenário de pandemia da Covid-19 houve atraso nas obras da unidade, com consequente ajuste no cronograma.

O campo de Mero é operado pela Petrobras (40%) em parceria com a Shell Brasil Petróleo Ltda. (20%), Total E&P do Brasil Ltda. (20%), CNODC Brasil Petróleo e Gás Ltda. (10%), CNOOC Petroleum Brasil Ltda. (10%) e Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA), que exerce papel de gestora desse contrato.

Venda de parques eólicos

A companhia também comunicou, nesta quarta-feira (07), ter concluído a venda conjunta com a Wobben Windpower de todas as suas participações nos parques de produção de energia eólica Mangue Seco 3 e 4, localizados em Guamaré, no Rio Grande do Norte. A venda foi concretizada à V2I Energia S.A.

A operação foi concluída através do pagamento de R$ 78,2 milhões para a Petrobras. O montante total pago à petroleira, considerando valores depositados no início da negociação, chega a R$ 100,7 milhões. A estatal tinha participação de 49% nos parques eólicos.

De acordo com a companhia, a venda dos parques faz parte dos desinvestimentos promovidos pela empresa.

"Essa operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor para os seus acionistas", destacou em comunicado ao mercado.

Relacionados:

► ANP: Produção de petróleo e gás natural recua em fevereiro► Petrobras informa alta de 39% no preço do gás natural

Leia mais: