clique para ir para a página principal

Cepea: Exportações de carne bovina e suína batem recorde histórico no mês de março

Atualizado em -

Cepea: Exportações de carne bovina e suína batem recorde histórico no mês de março Freepik
► AgRural aponta que colheita de soja acelera no Brasil e vai a 71% da área► Sancionada lei que cria fundos de investimento do agronegócio

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) divulgou que, impulsionado especialmente pela demanda chinesa, as exportações brasileiras de carne bovina in natura cresceram em março.

Segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), foram embarcadas 133,8 mil toneladas da proteína em março, alta de 31% em relação a fevereiro e aceleração de 6,27% em relação ao mesmo mês de 2020.

De acordo com o Cepea, entre os fatores que colaboraram para esse crescimento estão: os novos surtos de Peste Suína Africana (PSA) registrados na China e o retorno das compras depois da comemoração do Ano Novo Chinês.

Esse resultado registrado é recorde para o terceiro mês do ano, na série histórica da Secretaria, iniciada em 1997. Além dos embarques, os preços da carne bovina também atingiram recordes em março.

Suínos

De acordo com dados divulgados pela Secex, o Brasil exportou 96,8 mil toneladas de carne suína in natura no mês passado, crescimento de 35,4% na comparação com fevereiro e 53% superior a março do ano anterior. Esse resultado também é recorde entre os registrados na história da Secretaria.

Segundo estudos do Cepea, com o crescimento das negociações no mês, o movimento de recuo nos preços da proteína foi interrompido. Com esse movimento, algumas praças registraram alta nos valores.

Relacionados:

► AgRural aponta que colheita de soja acelera no Brasil e vai a 71% da área► Sancionada lei que cria fundos de investimento do agronegócio

Leia mais: