clique para ir para a página principal

Bolsas americanas operam em alta após fala de Presidente do Fed

Atualizado em -

Bolsas americanas operam em alta após fala de Presidente do Fed Pexels
► Emissão de CRAs tendo o BNDES como garantidor de crédito captam R$ 29 milhões► B3 anuncia início das negociações dos Fundos Imobiliários CXCO11 e VSLH11

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta sexta-feira (9), a sessão é sem direção definida para os principais índices internacionais, depois do S&P500 renovar recorde na véspera, puxada pela queda do rendimento dos Treasuries de 10 anos abaixo dos 1,72% ao ano. Já as bolsas da China continental fecharam em baixas em meio aos dados oficiais divulgados na sexta que indicaram que o consumo chinês e a inflação subiram mais do que o esperado em março. Por aqui, atenção para o IPCA, indicador oficial de inflação do país, de março, com expectativa de aceleração para alta de 1,03% na comparação com fevereiro, após alta de 0,86% no mês anterior.

Em relação aos mercados mundiais, nos EUA os índices futuros Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq indicam altas de 0,29%, 0,23% e 0,05%, respectivamente. A tendência de alta ocorre após Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, afirmar que a instituição pretende manter uma política monetária estimulativa. Ele chamou a recuperação econômica até o momento de “desigual” e “incompleta”, o que foi interpretado como um sinal de que a política monetária continuará maleável até que uma recuperação mais robusta seja obtida. Enquanto isso, pedidos de seguro-desemprego nos EUA, que vieram em número maior do que o esperado, derrubaram os rendimentos dos Treasuries. Os dados mostraram que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 744 mil, com ajuste sazonal, na semana encerrada em 3 de abril, ante 728 mil na semana anterior. Com isso, os títulos do Tesouro americano com vencimento em dez anos recuaram para cerca de 1,6%.

As bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em baixas, com exceção do índice Nikkei, do Japão, que subiu 0,2%. O índice Hang Seng Index, de Hong Kong, caiu 1,07%, apesar de a empresa de tecnologia financeira Linklogis, apoiada pela Tencent, subir mais de 10% em sua estreia na bolsa. As ações da gigante Tencent tiveram leves altas. Já as bolsas da China continental fecharam em baixas em meio aos dados oficiais divulgados na sexta que indicaram que o consumo chinês e a inflação subiram mais do que o esperado em março. Na Europa, o índice Stoxx 600 futuro indica alta de 0,16%.

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado em queda de 0,28%, cotado a US$ 63,02 o barril. Os contratos futuros de minério de ferro negociados na bolsa de Dalian (China) fecharam em queda de 0,02%, cotados a US$ 169,95 a tonelada.

Cenário corporativo

A empresa de locação de automóveis e gestão de frotas Localiza comunicou a conclusão da oferta de emissão de R$ 1,2 bilhão em debêntures simples e não conversíveis em ações.

Além disso, a Eletrobras informou nesta sexta-feira que foi editado o decreto 10.670/2021 que dispõe sobre a qualificação da companhia no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e a sua inclusão no Programa Nacional de Desestatização (PND). Com isso, poderão ser iniciados estudos necessários à estruturação do processo de capitalização da companhia.

Relacionados:

► Emissão de CRAs tendo o BNDES como garantidor de crédito captam R$ 29 milhões► B3 anuncia início das negociações dos Fundos Imobiliários CXCO11 e VSLH11

Leia mais: