clique para ir para a página principal

Estudo aponta que Brasil vai ter a 14º maior taxa de desemprego no mundo em 2021

Atualizado em -

Estudo aponta que Brasil vai ter a 14º maior taxa de desemprego no mundo em 2021 Marcello Casal / Agência Brasil
► Taxa de desocupação bateu recorde em 20 estados em 2020► Janeiro tem saldo de 260 mil empregos; o melhor da série histórica

Um estudo realizado pela Austin Rating apontou que o desemprego no Brasil deve piorar neste ano. O país deve ter uma taxa de desocupação de 14,5% e deve ter a 14º maior taxa de desocupação no mundo.

Segundo o estudo, que leva em consideração as projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Brasil que ocupava o 22º lugar em 2020 vai subir oito posições.

O levantamento acontece desde 2016, quando o país estava no 27º lugar e contava com uma taxa de desemprego de 11,3%.

A pesquisa ainda apontou que a África do Sul, que desde 2019 é o país com maior desemprego no mundo, deve se manter no primeiro lugar com 29,7% de sua população desempregada em 2021. A Tailândia deve ser a nação com a menor taxa de desocupação, com 1,5%.

Em 2022, a projeção da Austin Rating é que o Brasil suba para a 13º posição, registrando taxa de desemprego de 13,2%. A expectativa é que a recuperação em relação ao desemprego no país se recupere em 2024, ficando em 17º lugar e com taxa de desocupação de 11,5%.

Relacionados:

► Taxa de desocupação bateu recorde em 20 estados em 2020► Janeiro tem saldo de 260 mil empregos; o melhor da série histórica

Leia mais: