clique para ir para a página principal

Cade autoriza Tupy a comprar negócios de fundição de ferro da Teksid; Ações da TUPY3 disparam

Atualizado em -

Cade autoriza Tupy a comprar negócios de fundição de ferro da Teksid; Ações da TUPY3 disparam Divulgação | Tupy
► WEG tem lucro líquido de R$ 742,2 milhões no último trimestre de 2020; alta de 48,3% ► Cade libera compra da Rodomeu pela JSL e libera registro da AES Brasil na B3

Em informe divulgado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), nesta quarta-feira (14), o órgão responsável por fomentar a livre concorrência anunciou a aprovação com restrições a aquisição pela Tupy (TUPY3) do empreendimento de fundição de ferro da Teksid - atualmente detido pela Fiat Chrysler.

A operação envolve cinco plantas da Teksid localizadas no Brasil (Betim), Portugal, México, Polônia e China e foi aprovada condicionada à celebração de um Acordo de Controle em Concentrações (ACC).

"O ACC firmado engloba, entre outros compromissos, a transferência de certos contratos de fornecimento (demanda) para um terceiro agente, que se tornaria um concorrente robusto, mais apto a concorrer com a Tupy e com as importações em leilões de compras por novos volumes", informou em seu comunicado.

O negócio a ser adquirido pela Tupy é a fabricação e comercialização de produtos em ferro fundido voltados, principalmente, para indústria automobilística, como por exemplo: blocos de motor, braços da suspensão, cabeçotes, coletor de escape, mangas de eixo, suportes de motor, entre outros.

Em seu voto, o conselheiro Luis Braido, o relator do processo, ressaltou que o ato de concentração gera preocupação concorrencial por conta da alta participação de mercado que as empresas teriam após a concretização da operação. Por conta disso, as companhias foram obrigadas a celebrar um acordo com o Cade, se comprometendo a preservar condições de concorrência desse mercado em questão.

O Cade destacou ainda que as obrigações comportamentais assumidas pela Tupy no ACC visam "facilitar, pelo prazo de cinco anos, possíveis transferências de demanda por parte dos atuais clientes de Tupy e Teksid, sem que haja alteração das condições contratuais presentes, nem exigências de compras mínimas por parte das compromissárias".

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Ações disparam

Os papéis da Tupy (TUPY3) chegaram a registrar 9,13% de aumento na sessão desta quarta-feira, a reboque da notícia confirmada pelo Cade. Às 14h12 (horário de Brasília), os ganhos eram de 7,38% - com a ação cotada em R$ 25,17.

Outra frente positiva para a empresa veio através do pacote anunciado, recentemente, pelo presidente americano Joe Biden, de US$ 2,25 trilhões para investimentos em infraestrutura nos EUA.

A fabricante de componentes de ferro tende a ser uma das beneficiadas já que aproximadamente 65% de sua receita vem de exportações para os EUA. A Tupy negocia produtos com os setores automotivo, industrial e de maquinário agrícola, e ainda conta com Caterpillar e Deere & Co na sua lista de clientes.

Relacionados:

► WEG tem lucro líquido de R$ 742,2 milhões no último trimestre de 2020; alta de 48,3% ► Cade libera compra da Rodomeu pela JSL e libera registro da AES Brasil na B3

Leia mais: