clique para ir para a página principal

Projeção de viagens aéreas pelo mundo em 2021 sofre redução de 43%

Atualizado em -

Projeção de viagens aéreas pelo mundo em 2021 sofre redução de 43% Freepik
► Lufthansa anuncia prejuízo de US$ 8,08 bilhões em 2020; Azul registra perda de R$ 4,6 bilhões no ano ► GOL amplia divulgação de informações ESG da companhia aérea

Nesta quarta-feira (21), a Associação Internacional de Transporte Aéreo divulgou que o tráfego aéreo terá uma recuperação mais devagar, em 2021, do que o anteriormente projetado. A previsão é de que as viagens pelo mundo alcancem 43% dos níveis anteriores à crise, número abaixo dos 51% previstos no ano passado.

Segundo a associação, a atualização foi realizada em função atrasos na vacinação e aversão a risco da reabertura de rotas. A entidade também atualizou a previsão de perdas da indústria para US$ 47,7 bilhões neste ano.

"Esta crise é mais longa e profunda do que qualquer um poderia esperar", disse o diretor-geral da associação, Willie Walsh.

Ainda segundo a projeção divulgada, a receita da indústria deve acelerar 23% no atual ano, desde a baixa do ano passado, alcançando US$ 231 bilhões.

A demanda de carga pode superar o tráfego de passageiros com um crescimento de 13,1% em 2021 e ficar acima do seu nível de 2019. Os volumes totais de carga são estimados em 63,1 milhões de toneladas, se aproximando do resultado de 2018.

Relacionados:

► Lufthansa anuncia prejuízo de US$ 8,08 bilhões em 2020; Azul registra perda de R$ 4,6 bilhões no ano ► GOL amplia divulgação de informações ESG da companhia aérea

Leia mais: