clique para ir para a página principal

Bolsas internacionais iniciam semana com movimentos variados

Atualizado em -

Bolsas internacionais iniciam semana com movimentos variados Unplash
► Hashdex, primeiro ETF de criptomoedas da B3, capta R$ 600 milhões antes da estreia► Ciclo de alta das commodities impulsiona Ibovespa

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Esta segunda-feira (26), que marca a última semana do mês de abril, será bastante movimentada, com foco na agenda macroeconômica e no avanço da agenda corporativa, ganhando força no Brasil, Europa e Ásia. Conforme destaca a Infinity Asset, o mercado local conseguiu manter um ritmo relativamente positivo em seus ativos na última semana. No radar, esteve a proposta democrata de aumento de impostos nos EUA, a qual, ainda que não fosse surpreendente, superou em valor as perspectivas mais arrojadas e pode dificultar o avanço do plano de infraestrutura de Biden. Localmente, o avanço do orçamento, ainda que passível de uma série de críticas, abriu espaço para o “início” do ano legislativo e o pretenso avanço com as pautas estacionadas nas casas legislativas, caso da reforma tributária.

Em relação aos mercados mundiais, nos EUA, o índice Dow Jones futuro indica alta de 0,11%, enquanto os índices futuros S&P 500 e Nasdaq indicam quedas de 0,08% e 0,36%, respectivamente. O plano de investimentos na economia americana, no valor de US$ 1,8 trilhão, deve ser delineado na quarta-feira (28) à noite, em uma sessão conjunta no Congresso. Ele inclui gastos com educação de trabalhadores e apoio às famílias. Ainda, afetado pela perspectiva de inflação, o rendimento dos títulos do Tesouro com vencimento em dez anos tem leves altas nesta segunda-feira, a 1,579%. A medição costuma se mover inversamente à inflação.

Na Ásia, as bolsas mantiveram-se em sua maioria estáveis nesta segunda. Investidores acompanham com cautela a propagação da Covid pela Índia. Sobre os índices asiáticos, o Nikkei, do Japão, fechou com alta de 0,36%; o Kospi, da Coreia do Sul, subiu 0,99%; o Shanghai, da China, caiu 0,95%; e o Hang Seng Index, de Hong Kong, perdeu 0,4%.

Na Europa, o índice Stoxx 600 futuro registra aceleração de 0,08%. Ações do setor de tecnologia perdem 0,6%, enquanto que o setor de recursos básicos perde 0,8%. Dados sobre o índice para ambiente de negócios do Ifo Institute indicam que o sentimento para essa atividade econômica cresceu menos do que o esperado em abril na Alemanha. No momento, uma nova onda de infecções de Covid e problemas de oferta pesam sobre as perspectivas de recuperação daquela que é a maior economia europeia.

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado com queda de 1,51%, cotado a US$ 64,43 o barril. Os contratos futuros de minério de ferro negociados na bolsa de Dalian (China) são negociados com alta de 4,33%, cotados a US$ 179,46.

Cenário Corporativo

A Hypera Farma (HYPE3) registrou lucro líquido de R$ 305,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 28,1% ante o mesmo período do ano passado. A companhia somou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas de R$ 362 milhões, aumento de 45,6% na comparação anual.

Além disso, nesta segunda, serão divulgados os dados da Vale (VALE3) após o fechamento do mercado. A sessão também marca a estreia do Grupo GPS (GGPS3) na B3. As ações da empresa de serviços de limpeza e segurança foram precificadas a R$ 12.

Também como destaque, o Bradesco (BBDC4) aprovou na última sexta-feira um novo programa de recompra de até 97.190.795 ações, sendo até 48.705.792 ações ordinárias e 48.485.003 preferenciais. O programa de inicia hoje (26) e tem duração de 12 meses.

Por fim, a estatal paranaense de energia Copel informou na sexta que seu conselho de administração aprovou conversões de ações e a formação de Units da companhia, que passarão a ser negociadas em bolsa a partir desta segunda-feira, sob o código CPLE11. A companhia disse que, no âmbito de seu 1° Programa de Units, acionistas não controladores pediram conversões de ações que levaram à formação de cerca de 248,1 milhões de Units, enquanto o governo do Paraná solicitou conversões que geraram 28,9 milhões de Units.

Relacionados:

► Hashdex, primeiro ETF de criptomoedas da B3, capta R$ 600 milhões antes da estreia► Ciclo de alta das commodities impulsiona Ibovespa

Leia mais: