clique para ir para a página principal

Itaúsa compra 8,53% da Aegea Saneamento por R$ 1,3 bilhão

Atualizado em -

Itaúsa compra 8,53% da Aegea Saneamento por R$ 1,3 bilhão Divulgação/Itaúsa
► Smiles encerra primeiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 47 milhões ► Embraer entrega 22 jatos no 1º trimestre e carteira vai a US$ 14,2 bi

A Itaúsa (ITSA3; ITSA4), holding dona do Itaú Unibanco, anunciou a compra de 8,53% da empresa de saneamento básico Aegea, por R$ 1,3 bilhão.

Com isso, a holding também adquiriu 10,2% do capital votante da Aegea e outros direitos, como indicar membros para o Conselho de Administração, o Comitê de Auditoria e o Comitê de Finanças da companhia. A Aegea manterá entre os sócios os atuais acionistas controladores e o Fundo Soberano de Singapura (GIC).

Em fato relevante ao mercado, a Itaúsa afirmou que os recursos devem ser captados por instrumento de dívida de longo prazo e que o investimento será contabilizado pelo método de equivalência patrimonial e deve ser concluído no segundo trimestre de 2021.

“A Itaúsa acredita que, além de contribuir com boas práticas de gestão e de governança corporativa, o investimento a ser realizado permitirá que a Aegea potencialize a execução do seu plano de crescimento, apoiando novas oportunidades que maximizem a criação de valor dos seus negócios”, afirma a empresa, em nota.

Sobre a Aegea

A Aegea foi fundada em 2010 e é líder no setor privado de saneamento básico no Brasil. A companhia atende mais de 11 milhões de pessoas em 126 municípios de 12 estados.

A maior parte dos seus serviços corresponde a parcerias público privadas (PPPs) nas áreas de abastecimento, coleta e tratamento de esgoto.

O acordo ainda está sujeito a ajustes de preços, de modo que a operação será fechada somente após o cumprimento de algumas condições previamente estabelecidas pela empresa.

Às 14h22 a ITSA3 registrava queda de 0,27% a R$ 11,05, enquanto a ITSA4 registrava queda de 1,17% a R$ 10,15.

Relacionados:

► Smiles encerra primeiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 47 milhões ► Embraer entrega 22 jatos no 1º trimestre e carteira vai a US$ 14,2 bi

Leia mais: