clique para ir para a página principal

Butantan começa produção da primeira vacina contra Covid-19 feita integralmente no Brasil

Atualizado em -

Butantan começa produção da primeira vacina contra Covid-19 feita integralmente no Brasil
► Anvisa rejeita uso da vacina russa Sputinik V ► Caged: Brasil fecha março com 184.410 vagas de emprego oficiais criadas

O Twitter oficial do Instituto Butantan anunciou o início da produção da Butanvac, vacina contra a Covid-19 produzida integralmente no Brasil.

Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, a instituição ligada ao governo paulista começará a produzir um primeiro lote com um milhão de doses, mas tem a expectativa de produzir 18 milhões de doses até junho.

A vacina ainda precisa ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ontem informou que os dados enviados pelo Butantan para pedir o aval a testes da vacina estão incompletos e não atendem aos requisitos para essa autorização.

Com isso, a agência enviou um pedido por mais informações ao laboratório, e o prazo de análise para aval à autorização dos testes fica suspenso até que haja resposta. Segundo a Anvisa, o Butantan terá agora 120 dias para responder às exigências de mais informações.

“Espero que Anvisa tenha senso de urgência para aprovar a nova vacina”, afirmou Doria nesta quarta-feira (28).

Além disso, a instituição anunciou a entrega de mais 600 mil doses da Coronavac ao Ministério da Saúde nesta sexta-feira, 30/04. A entrega, antes prevista para 03/05, foi antecipada. Com isso, serão 42 milhões de doses fornecidas pelo Butantan ao país desde 17/01.

Relacionados:

► Anvisa rejeita uso da vacina russa Sputinik V ► Caged: Brasil fecha março com 184.410 vagas de emprego oficiais criadas

Leia mais: