clique para ir para a página principal

XP Inc. registra lucro líquido ajustado de R$ 846 milhões no 1T21; Em março, instituição tinha R$ 715 bi sob custódia

Atualizado em -

XP Inc. registra lucro líquido ajustado de R$ 846 milhões no 1T21; Em março, instituição tinha R$ 715 bi sob custódia Matheus Detoni | Divulgação
► XP lança cartão de crédito e pretende chegar a R$ 1,4 trilhão em ativos sob custódia► Guilherme Benchimol vai deixar presidência da XP; Thiago Maffra assumirá cargo de CEO

Na noite desta terça-feira (4), a XP Inc. informou ter registrado um lucro líquido ajustado de R$ 846 milhões no 1T21, um aumento de 104% comparado aos R$ 415 milhões registrados no mesmo trimestre de 2020.

De acordo com a empresa, todas as linhas operacionais bateram recorde entre janeiro e março. A receita bruta alcançou R$ 2,8 bilhões, aumento de 50%, enquanto o Ebitda (lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 75% chegando a casa do R$ 1 bilhão.

Até a data de 31 de março, a companhia atingiu R$ 715 bilhões em Ativos Sob Custódia - 96% superior na comparação anual.

Em conferência com a imprensa, José Berenguer, CEO do Banco XP, destacou que a instituição tem no seu planejamento para 2021 oferecer conta digital, possibilitar pagamentos e cartão de débito, além de desenvolver novas linhas de empréstimo e operações de câmbio.

"O regulador já se mostrou pró-competição. O Pix e o open banking [abertura dos dados financeiros pelo cliente não importa onde tenha conta] são favoráveis a nossa iniciativa", pontuou.

O crédito colateralizado dos investimentos na XP bateu a marca de R$ 4,7 bilhões (em 2020 fechou o ano em R$ 4 bilhões). Já o cartão com a bandeira Visa, lançado em março, anotou cerca de R$ 500 milhões de transações.

Em mensagem de divulgação de resultados, Guilherme Benchimol, fundador da XP Inc, apontou que o sistema financeiro brasileiro poderá movimentar este ano R$ 770 bilhões em receitas.

"A avenida de oportunidades para transformarmos este ecossistema é realmente gigante, e não descansaremos enquanto isso não acontecer", afirmou.

Benchimol ratificou também a carta enviada recentemente sobre a sua nova função como Presidente Executivo do Conselho de Administração da XP Inc. e a indicação de Thiago Maffra para CEO.

"Como CTO, Maffra liderou uma transformação digital sem precedentes e altamente bem-sucedida na nossa companhia", elogiou Benchimol.

Carteira de clientes

No primeiro tri de 2021, a XP Inc. atingiu um total de 3 milhões de clientes ativos. Em relação aos três primeiros meses de 2020, o incremento foi de 47%.

De acordo com a empresa, a média mensal de entrada de clientes aumentou de 44 mil no quarto trimestre de 2020 para 72 mil no primeiro trimestre de 2021, "refletindo a sazonalidade e a redução das taxas de corretagem para negociação de ações on-line na Rico e XP no terceiro trimestre de 2020, além dos esforços contínuos da companhia na atração e retenção de clientes e reconhecimento da marca".

Relacionados:

► XP lança cartão de crédito e pretende chegar a R$ 1,4 trilhão em ativos sob custódia► Guilherme Benchimol vai deixar presidência da XP; Thiago Maffra assumirá cargo de CEO

Leia mais: