clique para ir para a página principal

Conab: Safra 2021 do café beneficiado deve chegar a 49 milhões de sacas

Atualizado em -

Conab: Safra 2021 do café beneficiado deve chegar a 49 milhões de sacas Pexels
► Ipea revisa de 1,5% para 2,2% o PIB agro para 2021► Cepea: Indicador de preços agropecuários registra crescimento de 14% no 1T21 em relação ao 1T20

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta terça-feira (25) o 2º Levantamento da Safra 2021 de café. A expectativa é que a produção alcance 49 milhões de sacas de café beneficiado. A previsão sinaliza uma redução de 22,6% em comparação à safra passada, que teve produção de 63,08 milhões de sacas, considerada recorde dentro da série histórica do grão.

Segundo o Conab, a área estimada para esta produção também deve apresentar redução em relação a 2020 e atualmente está em 1,8 milhão de hectares, 3,2% menor que a temporada anterior.

Os efeitos fisiológicos observados em diversas regiões produtoras neste ciclo, bem como as condições climáticas adversas registradas em muitas localidades, influenciaram diretamente nessa perspectiva.

"Vale lembrar que o café é uma das culturas que sofre os efeitos da bienalidade, ou seja, um ano a cultura produz um maior número de frutos, o que exige da planta mais nutrientes. Como consequência, no ano seguinte ela recompõe suas estruturas vegetais e reservas, reduzindo sua produção", destacou o órgão, em comunicado.

No total, a produção do café Arábica está estimada em 33,4 milhões de sacas, uma diminuição de 31,5% em comparação ao volume produzido na safra anterior. Já a do Conilon deve chegar a 15,4 milhões de sacas, um incremento de 7,9% em relação ao resultado obtido em 2020.

Exportação

Sobre o âmbito externo, entre janeiro e abril de 2021, o Brasil exportou aproximadamente 15,8 milhões de sacas de café. O volume representa um aumento de 24,3% na comparação com o mesmo período de 2020.

Nos quatro primeiros meses deste ano, o valor total das exportações brasileiras de café, para mais de 120 países, chegou a US$ 2 bilhões (aumento de 21,4% em relação ao mesmo período do ano passado). Neste período o Brasil exportou café para mais de 120 países.

Relacionados:

► Ipea revisa de 1,5% para 2,2% o PIB agro para 2021► Cepea: Indicador de preços agropecuários registra crescimento de 14% no 1T21 em relação ao 1T20

Leia mais: