clique para ir para a página principal

EUA anunciam doação de 19 milhões de doses de vacinas; Brasil está entre beneficiados

Atualizado em -

EUA anunciam doação de 19 milhões de doses de vacinas; Brasil está entre beneficiados Freepik
► Covid-19: ministério anuncia vacinação para trabalhadores da educação► Butantan afirma que pandemia pode ser controlada com 75% de vacinados

Os Estados Unidos vão doar cerca de 19 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 para o consórcio global de vacinas Covax Facility. O anúncio foi feito nesta quinta (03) pelo presidente norte-americano, Joe Biden. Segundo ele, as doses serão distribuídas para países da Ásia, América Latina e África. Serão 7 milhões de doses para países do sul e do sudeste asiático, 6 milhões de doses para países da América Latina e Caribe e 5 milhões de doses para países da África.

O Brasil está entre os beneficiados na América Latina junto com Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru, Equador, Paraguai, Bolívia, Guatemala, El Salvador, Honduras, Panamá, Haiti. República Dominicana e outros países da Comunidade do Caribe.

Em comunicado oficial emitido na noite de quinta, o Ministério das Relações Exteriores agradeceu a decisão dos EUA de inserir o Brasil entre os países que receberão vacinas.

"O Brasil recebeu com satisfação a notícia da doação de vacinas contra a COVID-19 por parte do governo dos Estados Unidos da América. O governo federal agradece o fato de o Brasil estar contemplado entre os países da América do Sul e Central beneficiados com a distribuição de aproximadamente 6 milhões de doses de vacinas, conforme critérios demográficos, por meio do mecanismo da Covax Facility, até final de junho", informa o Ministério.

Durante o pronunciamento no qual anunciou a doação, Joe Biden também afirmou que seu governo apoia a renúncia temporária a direitos de propriedade intelectual para que mais vacinas cheguem à população em todo o mundo.

"Meu governo apoia os esforços de renúncia temporária aos direitos de propriedade intelectual para as vacinas contra a covid-19 porque, com o tempo, precisaremos de mais empresas as produzindo para que possamos compartilhá-las de forma equânime”, disse Biden.

click aqui para se cadastrar

Relacionados:

► Covid-19: ministério anuncia vacinação para trabalhadores da educação► Butantan afirma que pandemia pode ser controlada com 75% de vacinados

Leia mais: