clique para ir para a página principal

Ministério da Justiça investigará JBS por vazamento de amônia em Rondônia

Atualizado em -

Ministério da Justiça investigará JBS por vazamento de amônia em Rondônia Shutterstock
► JBS e outras duas companhias são afetadas por suspensão de vendas de carnes de aves para Arábia Saudita► JBS anuncia retomada integral de operações nas unidades dos EUA após ciberataque

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que abriu investigação para apurar a JBS (JBSS3) em incidente com vazamento de gás tóxico nas dependência de um frigorífico em Pimenta Bueno, Rondônia.

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor será responsável por conduzir o procedimento.

O incidente teria envolvido "rompimento da canalização de uma das câmaras de refrigeração" do frigorífico, "acarretando no vazamento de gás amônia, atingindo as carcaças de carne acondicionadas no local", disse o ministério em nota publicada em seu site nesta sexta-feira (04).

A JBS foi notificada a prestar esclarecimentos em 15 dias, prazo em que também deverá informar sobre o interesse em firmar termo de ajustamento de conduta (TAC) sobre o caso.

Às 12h59, as ações da companhia registravam queda de 1,88% a R$ 29,80.

Relacionados:

► JBS e outras duas companhias são afetadas por suspensão de vendas de carnes de aves para Arábia Saudita► JBS anuncia retomada integral de operações nas unidades dos EUA após ciberataque

Leia mais: