clique para ir para a página principal

Petrobras anuncia emissão de bonds para recompra no volume total de US$ 1,5 bilhão

Atualizado em -

Petrobras anuncia emissão de bonds para recompra no volume total de US$ 1,5 bilhão Cleomir Tavares | Diário do Rio
► Britânica BP tem lucro de US$ 4,67 bilhões no 1T21 e reverte prejuízo► Petrobras tem lucro de R$ 1,16 bilhão no 1T21; No mesmo tri em 2020, estatal teve perdas de R$ 48,5 bi

A Petrobras (PETR4) confirmou ter levantado um volume total de US$ 1,5 bilhão através da nova emissão de títulos globais, por meio da sua subsidiária integral Petrobras Global Finance B.V. – PGF.

A estatal brasileira fez uma captação no mercado de dívida externa pela primeira vez neste ano e desde a troca na presidência da petroleira. Ao apresentar sua operação na última quarta-feira (02), a empresa recebeu uma demanda que alcançou quase US$ 10 bilhões para novos bonds com período de 30 anos.

Esses papéis oferem aos novos investidores um retorno (yield) de 5,75% e cupom a ser pago anualmente de 5,5%, o menor de todas as emissões feitas nesse prazo, inclusive quando a companhia ainda possuía o grau de investimento. Até o momento, o bond de 30 anos com menor cupom, de 5,625%, teve sua emissão no ano de 2013. O cupom corresponde ao custo anual do papel para a companhia.

Segundo a Petrobras, os recursos vão ser utilizados para a recompra de até US$ 2,5 bilhões em bonds com vencimentos em 2024 a 2050.

"A oferta foi registrada na SEC (U.S. Securities and Exchange Commission) e conta com a garantia total e incondicional da Petrobras. Os recursos líquidos da venda desses títulos serão utilizados para o pagamento dos títulos validamente entregues e aceitos na oferta de recompra anunciada em 02 de junho de 2021 e, em caso de excesso, para propósitos corporativos em geral", reforçou a empresa em seu comunicado.

A emissão é coordenada pelo Bank of America (BofA), pelo Goldman Sachs, Itaú BBA, MUFG , Santander e UBS.

Em resumo, os termos dos novos títulos com vencimento em 2051 são:

  • Emissão: Global Notes a 5,5% com vencimento em 2051
  • Volume emitido: US$ 1,5 bilhão
  • Cupom: 5,5% a.a.
  • Datas dos pagamentos de juros: 10 de junho e 10 de dezembro de cada ano, iniciando em 10 de dezembro de 2021
  • Preço de emissão: 96,446%
  • Rendimento ao investidor: 5,75% a.a.
  • Vencimento: 10 de junho de 2051
  • Liquidação: 10 de junho de 2021

Relacionados:

► Britânica BP tem lucro de US$ 4,67 bilhões no 1T21 e reverte prejuízo► Petrobras tem lucro de R$ 1,16 bilhão no 1T21; No mesmo tri em 2020, estatal teve perdas de R$ 48,5 bi

Leia mais: