clique para ir para a página principal

Anvisa autoriza início de testes da Butanvac em humanos

Atualizado em -

Anvisa autoriza início de testes da Butanvac em humanos Aloisio Mauricio | FotoArena | Estadão Conteúdo
► Brasil receberá 3 milhões de doses da vacina da Janssen em junho, diz Queiroga► Moderna quer produzir 1 bilhão de vacinas contra Covid em 2021 e 3 bi em 2022

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quarta-feira (09) o início da pesquisa clínica da ButanVac, a primeira vacina brasileira contra a covid-19 que será produzida pelo Instituto Butantan. Com a autorização, os testes do imunizante em humanos poderão começar.

A pesquisa clínica de fase 1 e 2 da Butanvac terá três etapas: A, B e C. Nesta quarta, foi autorizada a etapa A do estudo, envolvendo 400 voluntários. Ao todo, a fase clínica 1 e 2 tem previsão de 6 mil voluntários com 18 anos ou mais.

No Twitter, o governador de São Paulo, João Doria, comemorou a autorização dos testes e afirmou que já existem 7 milhões de doses prontas.

"A Anvisa acaba de autorizar os testes clínicos com a ButanVac, a vacina do Butantan contra a Covid-19, que não depende de insumos de outros países para sua produção. O Instituto Butantan já tem 7 milhões de doses prontas da ButanVac. Grande notícia. Obrigado Anvisa", escreveu Doria.

Como o Mercado1Minuto mostrou aqui, a Anvisa aguardava documentos adicionais para autorizar o início dos testes. Os dados foram encaminhados no início da semana e permitiram que a agência concedesse a autorização.

O estudo da vacina deve ser realizado no Hospital das Clínicas (FMUSP) e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

click aqui para se cadastrar

Relacionados:

► Brasil receberá 3 milhões de doses da vacina da Janssen em junho, diz Queiroga► Moderna quer produzir 1 bilhão de vacinas contra Covid em 2021 e 3 bi em 2022

Leia mais: