clique para ir para a página principal

Privalia estuda oferta primária e secundária de ações com esforços restritos

Atualizado em -

Privalia estuda oferta primária e secundária de ações com esforços restritos Divulgação | Internet
► Vivo, TIM e Claro defendem compra da Oi► IPO da Smart Fit pode movimentar R$ 2 bilhões

(Estadão Conteúdo) - A empresa de varejo online Privalia informou que estuda a possibilidade de realizar uma oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias de emissão da companhia, com esforços restritos de colocação no Brasil.

A empresa já engajou o Banco BTG Pactual, na qualidade de coordenador líder, o Banco JPMorgan, o Banco Itaú BBA e o Credit Suisse (Brasil) S.A., como coordenadores da Oferta Restrita.

Em fato relevante divulgado no site da empresa, a mesma destaca que a efetiva realização da potencial Oferta Restrita está sendo avaliada e por seus acionistas, sendo que, até a presente data, não há aprovação formal para a efetiva realização da Oferta Restrita, bem como de seus termos e condições, incluindo a definição sobre o volume efetivo a ser captado, o preço por ação e o cronograma para a sua Implementação.

A companhia acrescenta que a potencial oferta restrita está sujeita, entre outros aspectos, às condições dos mercados de capitais brasileiro e internacional, às obtenção das aprovações societárias da Companhia e de seus acionistas, e à celebração dos contratos definitivos e à conclusão satisfatória dos procedimentos usuais em operações da espécie.

Relacionados:

► Vivo, TIM e Claro defendem compra da Oi► IPO da Smart Fit pode movimentar R$ 2 bilhões

Leia mais: