clique para ir para a página principal

S&P Global rebaixa rating corporativo da Tecnisa

Atualizado em -

S&P Global rebaixa rating corporativo da Tecnisa Divulgação | Internet
► IPO da Smart Fit pode movimentar R$ 2 bilhões► Privalia estuda oferta primária e secundária de ações com esforços restritos

A Tecnisa (TCSA3) informou nesta segunda-feira (21) que a S&P Global Ratings rebaixou o rating corporativo da companhia de 'brAA-' para 'brA', atribuído na Escala Nacional Brasil, com perspectiva estável. Segundo o comunicado, a alteração no rating se deu por causa dos resultados inferiores ao esperado da companhia.

Segundo a S&P Ratings, a Tecnisa "reportou resultados operacionais aquém dos projetados para os últimos 12 meses findos em março de 2021, em contraste com os demais pares do setor, tendo apresentado receita líquida de R$ 163 milhões, EBITDA negativo de R$ 95 milhões e alavancagem, medida pelo índice de dívida bruta ajustada sobre capital, de 41%".

Apesar disso, a empresa enfatiza a mensagem da S&P sobre as possibilidades de recuperação do cenário atual.

"A perspectiva estável reflete nossa expectativa de que a empresa conseguirá atingir seu guidance de lançamentos entre R$1,2 bilhão e R$ 1,5 bilhão em 2021 e que começará a apresentar crescimento da receita, EBITDA e geração de caixa nos próximos 3 anos para sustentar sua qualidade de crédito", acredita a agência.

Resultados

Na divulgação dos resultados do 1T21, a Tecnisa informou que não realizou nenhum lançamento de estande de vendas no período por causa do aprofundamento da pandemia da Covid-19. As Vendas Líquidas, parte TECNISA, totalizaram R$ 55 milhões no trimestre, redução de 51% em relação ao 4T20 e de 22% em relação ao 1T20. A Receita Líquida totalizou R$ 33 milhões no 1T21, redução de 26% em relação ao 1T20 e redução de 12% em relação ao 4T20.

Relacionados:

► IPO da Smart Fit pode movimentar R$ 2 bilhões► Privalia estuda oferta primária e secundária de ações com esforços restritos

Leia mais: