clique para ir para a página principal

Ricardo Salles pede demissão do cargo de Ministro do Meio Ambiente

Atualizado em -

Ricardo Salles pede demissão do cargo de Ministro do Meio Ambiente Antônio Cruz | Agência Brasil
► Senado aprova MP que aumenta a tributação sobre o lucro dos bancos► Representantes do Google, Facebook e Twitter serão convocados para depor na CPI da Covid

O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão do cargo depois de 2 anos e seis meses à frente da pasta. A demissão foi oficializada por meio de edição extra do Diário Oficial da União desta quarta-feira (23). Foi nomeado para o lugar de Salles o Secretário da Amazônia e Serviços Ambientais do Ministério do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira.

A saída de Salles já havia sido cogitada em outros momentos nos bastidores do governo. A situação ficou ainda mais difícil após a operação realizada pela Polícia Federal em maio deste ano que investiga a exportação ilegal de madeira. O ministro foi um dos alvos dos mandados de busca e apreensão da operação Akuanduba. Ao pedir autorização para cumprir mandados de busca em endereços ligados a Salles, a PF enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) relatos de reuniões com madeireiros, trocas de mensagens e depoimentos de testemunhas que atingem o escritório de advocacia de Ricardo Salles em São Paulo.

Relacionados:

► Senado aprova MP que aumenta a tributação sobre o lucro dos bancos► Representantes do Google, Facebook e Twitter serão convocados para depor na CPI da Covid

Leia mais: