clique para ir para a página principal

Custo da construção sobe 2,30% em junho; confiança do setor cresce

Atualizado em -

Custo da construção sobe 2,30% em junho; confiança do setor cresce Freepik
► CMN fixa meta de inflação em 3,00% para 2024, com margem de 1,5 pp► Prévia da inflação fica em 0,83% em junho

O custo da construção subiu no mês de junho, mas a confiança do setor ainda mostra uma trajetória de recuperação. Dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira (25) mostram que o Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) subiu 2,30% em junho, superior ao apurado em maio, quando o índice variou 1,80%. Com o resultado deste mês, o INCC acumula alta de 9,38% no ano e de 16,88% em 12 meses.

No grupo Materiais, Equipamentos e Serviços, a taxa de Materiais e Equipamentos subiu 1,65% em junho, contra 2,93% no mês anterior.

Já o Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 5,2 pontos em junho, para 92,4 pontos, registrando a segunda alta consecutiva. Em médias móveis trimestrais, o índice avançou 1,2 ponto, a primeira elevação no ano.

"A pressão dos preços das matérias primas sobre os orçamentos e novos projetos não arrefeceu e continua sendo um dos grandes obstáculos às atividades das empresas. No entanto, prevaleceu a percepção de que a alta dos preços não está afetando a demanda, que voltou a crescer”, avalia Ana Maria Castelo, Coordenadora de Projetos da Construção do FGV IBRE.

Relacionados:

► CMN fixa meta de inflação em 3,00% para 2024, com margem de 1,5 pp► Prévia da inflação fica em 0,83% em junho

Leia mais: