clique para ir para a página principal

Confiança da indústria sobe e mostra otimismo das empresas

Atualizado em -

Confiança da indústria sobe e mostra otimismo das empresas Freepik
► Custo da construção sobe 2,30% em junho; confiança do setor cresce► Lira indica deputados Celso Sabino e Luiz Carlos Motta para relatorias da reforma tributária

A confiança da indústria cresceu em maio e mostra o avanço do otimismo das empresas. Essa é a conclusão da Fundação Getúlio Vargas (FGV) ao divulgar o Índice de Confiança da Indústria (ICI) nesta segunda-feira (28). Segundo a FGV, o indicador subiu 3,4 pontos em junho, para 107,6 pontos, maior valor desde fevereiro. Em médias móveis trimestrais, o índice subiu 1,1 ponto.

A recuperação das economias externas e o avanço do processo de vacinação no país contribuem para o aumento do otimismo das empresas. Apesar disso, é preciso cautela considerando que o setor ainda enfrenta dificuldades ainda com a escassez de insumos, aumento dos custos que incluem a mudança de bandeira para a energia elétrica, podendo ser fatores limitadores para uma recuperação mais robusta no segundo semestre. ”, destaca Claudia Perdigão, economista do FGV IBRE.

De acordo com os dados, a melhora das perspectivas ocorreu em 13 dos 19 segmentos pesquisados. O Índice de Expectativas (IE) subiu 5,0 pontos, sendo o segundo mês consecutivo a registrar variação positiva após quatro meses de queda. Já o Índice Situação Atual (ISA) subiu 1,8 ponto, para 111,3 pontos, depois de cinco quedas seguidas. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada subiu 1,6 ponto percentual, para 79,4%, maior valor desde janeiro (79,9%).

Relacionados:

► Custo da construção sobe 2,30% em junho; confiança do setor cresce► Lira indica deputados Celso Sabino e Luiz Carlos Motta para relatorias da reforma tributária

Leia mais: