clique para ir para a página principal

Sessão é de recuperação para bolsas europeias; no Brasil, atenção para taxação de lucros e dividendos

Atualizado em -

Sessão é de recuperação para bolsas europeias; no Brasil, atenção para taxação de lucros e dividendos Freepik
► JP Morgan compra 40% do C6 Bank► Hapvida divulga comunicado com atualizações sobre o impacto da Covid-19 em seus atendimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta terça-feira, a sessão é de recuperação para as bolsas europeias após a queda da véspera em meio às preocupações com o aumento dos casos de coronavírus em alguns países da Ásia. Por aqui, a sinalização na véspera feita pelo presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) de que a Casa poderá reduzir para 15% a taxação de lucros e dividendos na proposta na reforma tributária aliviou o mercado na reta final do pregão. Contudo, os desdobramentos da reforma tributária devem seguir no radar.

Ainda em destaque, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) se reúne para definir o valor do reajuste das bandeiras tarifárias. A partir de julho será aplicada a bandeira tarifária na bandeira vermelha patamar 2, a mais cara. O mecanismo repassa aos consumidores o aumento do custo da geração de energia por conta do uso mais intenso de usinas térmicas, acionadas quando há baixa na produção das hidrelétricas.

Segundo reportagem de capa do jornal O Estado de S. Paulo, a Aneel calcula que a taxa referente à bandeira nível 2 deve subir dos atuais R$ 6,24 para R$ 12 a cada 100 quilowatts-hora consumidos para fazer frente aos custos elevados de operação das termelétricas. O governo federal publicou na segunda uma Medida Provisória (MP) que institui a Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG), visando estabelecer medidas emergenciais para a gestão do setor.

Internacional

Sobre os mercados mundiais, o índice futuro Dow Jones indica alta de 0,15%, enquanto os índices futuros S&P 500 e Nasdaq indicam quedas de 0,02% e 0,08%, respectivamente. Na segunda (28), o S&P e o Nasdaq fecharam em patamares recordes, impulsionadas pelos papéis de grandes empresas de tecnologia. O índice S&P subiu 0,23%, registrando o terceiro dia de saldo positivo no fechamento. O Nasdaq avançou 1%, em sua quinta sessão positiva entre as últimas seis. O Dow caiu 151 pontos, prejudicado pelo mau desempenho de Boeing e Chevron, entre outras. Assim, o S&P caminha para fechar seu quinto mês consecutivo de valorização.

O Nasdaq pode ter seu sétimo mês positivo dentre os últimos oito. Já o Dow está no vermelho, possivelmente interrompendo a trajetória de quatro meses de ganhos. Ações com perspectiva de forte crescimento continuaram a ter desempenho acima da média do mercado na segunda. O índice Russel 1000, que reúne as 1000 ações com o maior valor de mercado em ações dos Estados Unidos, subiu quase 1%. Em junho, essas ações se valorizaram 6%.

As bolsas asiáticas tiveram quedas na terça, apesar do bom desempenho nos Estados Unidos. Na China continental, o Shanghai composto recuou 0,95%; Em Hong Kong, o índice Hang Seng recuou 0,77%; no Japão, o Nikkei caiu 0,98%; na Coreia do Sul, o Kospi recuou 0,52%. Vários países da Ásia e do Pacífico vêm lidando com ressurgências da variante delta do coronavírus, que é altamente contagiosa e vem impactando o sentimento dos mercados.

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus sobe 0,26%, impulsionado por ações dos setores de petróleo e gás, que sobem 0,9%. Quase todos os setores e principais bolsas operam no positivo. Na véspera, os mercados do Velho Continente caíram em meio aos temores sobre a variante do novo coronavírus. Nesta segunda, agentes do Banco Central Europeu devem começar uma discussão pública sobre como e quando reduzir o enorme programa de compra de títulos lançado em 2020 para apoiar a economia da Zona do Euro durante a pandemia do coronavírus. Durante a manhã, foi divulgado ainda o índice de confiança de empresas e consumidores relativo a junho na Zona do Euro, que pontuou 117,9 pontos, frente à projeção de 116,5 pontos, e ao patamar anterior, de 114,5 pontos.

Brasil

No Brasil, o último pregão de ações encerrou com alta de 0,14%, a 127.429 pontos e volume financeiro negociado de R$28,146 bilhões. Em destaque, na segunda, o ministro de Minas e Energia, almirante de esquadra Bento Albuquerque, fez um pronunciamento na na TV em que admitiu que o Brasil passa por uma crise hídrica, com a maior seca dos últimos anos. Por isso, pediu uso “consciente e responsável” da água e da energia, já que o volume menor de água reduz o nível dos reservatórios e a geração de energia pelas usinas hidrelétricas.

Às 9h, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) se reúne para definir o valor do reajuste das bandeiras tarifárias. A partir de julho será aplicada a bandeira tarifária na bandeira vermelha patamar 2, a mais cara. O mecanismo repassa aos consumidores o aumento do custo da geração de energia por conta do uso mais intenso de usinas térmicas, acionadas quando há baixa na produção das hidrelétricas.

Além disso, em participação virtual no seminário sobre Open Banking da Folha de S.Paulo, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou na segunda acreditar que o sistema financeiro continuará em processo de desconcentração de serviços sem que isso prejudique grandes bancos, que veriam, porém, redução de sua fatia total detida na indústria. Dessa forma, Campos Neto prevê também seguimento de um movimento de queda nos spreads dos serviços, enquanto paralelamente há aumento de competição. O presidente do BC afirmou ainda que o calendário de implantação do Open Banking será cumprido, apesar de dificuldades tecnológicas de adequação por parte de grandes bancos. Mas, ao mesmo tempo, ponderou que os benefícios do projeto são de longo prazo.

Commodities

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado com queda de 0,38%, a US$73,86 o barril. Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 2,66%, cotados a 1153 iuanes, equivalente hoje a US$ 178,53 (nas últimas 24 horas).

Corporativo

No contexto corporativo, segundo informações do jornal Valor Econômico, o prazo para recebimento das propostas iniciais de compra da Braskem, que se encerraria na próxima quarta-feira, foi estendido até o dia 9 de julho a pedido de potenciais compradores da petroquímica controlada pela Novonor (antiga Odebrecht).

O novo prazo foi comunicado na segunda-feira (28) pelo Morgan Stanley aos participantes do processo. Pelo menos dois interessados pediram mais tempo para elaborar uma oferta não vinculativa, afirmou o jornal. Além disso, O Credit Suisse elevou o preço-alvo para as ações da BR Distribuidora de R$ 32 para R$ 39, um potencial de alta de 46% em relação ao fechamento de segunda. Os analistas apontam que as ações da companhia têm apresentado um bom desempenho recentemente, principalmente após os resultados do primeiro trimestre.

Ainda, o próprio Credit Suisse diz que há expectativa de que a Aneel eleve a bandeira tarifária nesta terça, incentivando consumidores a reduzirem seu consumo e contribuindo para obter recursos para gastos excepcionais para distribuidoras. O banco avalia que as mais afetadas devem ser AES e Cesp.

Relacionados:

► JP Morgan compra 40% do C6 Bank► Hapvida divulga comunicado com atualizações sobre o impacto da Covid-19 em seus atendimentos

Leia mais: