clique para ir para a página principal

Geração de empregos por micro e pequenas empresas sobe 115% em maio

Atualizado em -

Geração de empregos por micro e pequenas empresas sobe 115% em maio Freepik
► Desemprego chega a 14,7% e atinge recorde► Brasil criou 280,6 mil vagas de emprego em maio

As micro e pequenas empresas brasileiras geraram 182,2 mil novos postos de trabalho em maio deste ano, número que representa um aumento de 115% em relação a abril. Segundo levantamento divulgado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) nesta segunda-feira (05), o número de vagas é 2,5 maior que o registrado por médias e grandes empresas, que criaram 70,9 mil vagas em maio.

No acumulado de janeiro a maio deste ano, as micro e pequenas empresas já foram responsáveis for 858.419 novas vagas contra 279.195 das médias e grandes. Em relação ao setores, todos tiveram taxas positivas, com destaque para a área de serviços, que ficou em primeiro lugar na geração de postos.

  • Serviços: 78,6 mil vagas
  • Comércio: 51,4 mil vagas
  • Construção Civil: 25 mil vagas
  • Indústria da Transformação: 21 mil vagas

Na análise por estados, São Paulo foi o campeão de geração de vagas.

  • São Paulo: 50,2 mil vagas
  • Minas Gerais: 20,7 mil vagas
  • Rio de Janeiro: 14,4 mil vagas

Brasil criou 280,6 mil empregos em maio

O Brasil abriu 280.666 vagas de emprego formal no mês de maio, conforme dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). No quinto mês seguido com saldo positivo, aconteceram 1.268.049 desligamentos e 1.548.715 contratações.

Leia mais sobre os dados do Caged aqui.

Relacionados:

► Desemprego chega a 14,7% e atinge recorde► Brasil criou 280,6 mil vagas de emprego em maio

Leia mais: