clique para ir para a página principal

Sessão deve ser movimentada após prisão na CPI e atritos entre Forças Armadas e presidente da Comissão

Atualizado em -

Sessão deve ser movimentada após prisão na CPI e atritos entre Forças Armadas e presidente da Comissão Freepik
► Câmara aprova projeto que cria debêntures de infraestrutura ► "O Brasil já está de pé, já está decolando outra vez", afirma ministro Paulo Guedes

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta quinta-feira (08), a sessão promete ser mais uma vez bastante movimentada para o Ibovespa, véspera de feriado em que a B3 ficará fechada por causa da celebração da Revolução Constitucionalista de 1932, feriado em São Paulo, o que também deve gerar cautela para os investidores em Brasil.

O noticiário político também segue bastante movimentado, em meio à CPI da Covid, que gerou declarações contundentes e rusgas entre integrantes das Forças Armadas e o presidente da Comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM). O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, o ex-sargento da Aeronáutica Roberto Dias recebeu ordem de prisão de Aziz, que considerou que o ex-servidor mentiu em seu depoimento ao colegiado. Dias pagou fiança de R$ 1.100 e foi liberado no final da noite.

Internacional

Sobre os mercados mundiais, nos EUA os índices futuros Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq indicam quedas de 1,32%, 1,26% e 1,27%, respectivamente. As quedas ocorrem em meio às preocupações crescentes com o ritmo de crescimento da atividade econômica mundial. A baixa se intensificou após a agência de notícia Kyodo News apontar que o governo do Japão deve declarar novamente situação de emergência em Tóquio, que deverá perdurar até 22 de agosto para conter uma nova onda de infecções por coronavírus.

Ontem, a sessão foi positiva para os índices dos EUA: o S&P subiu 0,3%, atingindo um novo patamar recorde de 4.358,13 pontos; O Dow Jones subiu 104,42 pontos, a 34.681,79; o Nasdaq fechou com uma oscilação positiva, próximo a um novo recorde. Ações de empresas de tecnologia e internet voltaram a ter uma performance superior à média do mercado na quarta. Investidores compraram papéis de empresas que priorizam crescimento, ao invés de nomes do varejo e do setor de energia que tiveram sucesso no primeiro semestre.

Ontem, o rendimento de títulos do Tesouro com vencimento em dez anos continuou a cair, a 1,296%, o menor patamar desde fevereiro. Foi divulgada também a ata da última reunião do Fomc, em que os integrantes discutiram a retirada de estímulos, mas incertezas sobre o panorama econômico prevaleceram. Por outro lado, incomodados com os preços de moradia, os integrantes do Fed debateram diminuir o ritmo de compra de hipotecas mais rapidamente do que de Treasuries.

Nesta quinta, investidores aguardam pela divulgação de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, relativos à semana encerrada em 3 de julho. A expectativa de analistas ouvidos pela Dow Jones é de 350 mil novos pedidos. Na sessão, as bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em queda. Ações do setor de tecnologia de Hong Kong foram pressionadas com o temor renovado de regulação.

O governo da China afirmou que irá atualizar “as regras sobre a listagem de ações no exterior para empresas domésticas”, e também aumentará as restrições para fluxos de dados transfronteiriços e segurança. As ações da Tencent recuaram 3,74%; as da Alibaba, 4,13%; e as da Meituan caíram 6,43%. Assim, o índice Hang Seng, de Hong Kong, recuou 2,89%, para 27.153,13 pontos. No Japão, o Nikkei recuou 0,88%; na Coreia do Sul, o Kospi recuou 0,99%; na China continental, o Shanghai composto recuou 0,79%. Além da situação de emergência em Tóquio, outros países da Ásia são monitorados de perto por conta da Covid-19.

Na Coreia do Sul, o governo informou o maior número de novos casos de Covid em um dia desde o início da pandemia no país, segundo a agência de notícias Yonhap. Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, recua 1,2%. O setor de recursos básicos recua 2,7%, com os piores resultados. Todos os setores e principais bolsas operam no negativo, refletindo a cautela observada na Ásia e nos Estados Unidos, apesar dos bons desempenhos de S&P e Nasdaq na quarta.

Brasil

No Brasil, o último pregão acionário encerrou com alta de 1,54%, a 127.018 pontos. Em meio à queda nas mortes e nos novos casos de Covid-19 no país, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o estado ampliará a partir de sexta-feira o horário de funcionamento de todos os estabelecimentos para até as 23h, com limite de lotação ampliado para 60%. Ele também anunciou uma nova antecipação no calendário de vacinação.

Também na quarta, o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, o ex-sargento da Aeronáutica Roberto Dias, recebeu ordem de prisão do presidente da CPI da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD-AM). Aziz considerou que o ex-servidor mentiu em seu depoimento ao colegiado.

Também como destaque, mais de 100 associações empresariais e entidades assinaram uma carta direcionada ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), divulgada na quarta-feira. Elas criticaram o que chamaram de pressa na tramitação da reforma tributária, rechaçaram pontos da proposta e argumentaram que o projeto desestimula a atração do investimento produtivo, prejudica a geração de empregos e dificulta o crescimento econômico. Os signatários da carta criticaram o fim do desconto simplificado na declaração do Imposto de Renda Pessoa Física, defendendo que os recursos que o governo deixará de perder deveriam vir de redução dos gastos públicos. Para as entidades, isso aumenta a urgência da reforma administrativa. As entidades também reprovaram mudanças na tributação das empresas e empreendedores dentro da proposta do governo, que, em sua avaliação, aumentam burocracia e tornam o sistema mais complexo.

O presidente da Câmara, por sua vez afirmou também na quarta que a proposta de reforma tributária com a assinatura do ministro da Economia, Paulo Guedes não será votada pelos deputados enquanto o texto não estiver maduro. Além disso, em audiência na Câmara, o ministro da Economia também afirmou que o Brasil vai crescer este ano de 5% a 5,5%, e exaltou a recuperação da economia brasileira em meio à pandemia de coronavírus. Em 18 de maio, o Ministério da Economia havia elevado a sua projeção de crescimento do PIB este ano para 3,50%.

Há cerca de um mês, ao tratar da recuperação econômica do país e das recentes revisões de projeções para cima de instituições para o PIB de 2021, Guedes havia elevado novamente a expectativa. Disse que a pasta ainda mantém cálculo conservador, “entre 4% e 5%” para o PIB de 2021. Ainda no radar político, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (7), o regime de urgência para o projeto de lei que trata dos chamados “supersalários” no serviço público. A votação do mérito do texto, sob a relatoria do deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR), ficou para a próxima semana.

Commodities

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado com queda de 0,48%, a US$73,08. Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 2,94%, cotados a 1.187,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 183,25 (nas últimas 24 horas).

Corporativo

Sobre as corporações, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro comunicou na quarta que o juiz responsável pela recuperação judicial da Oi homologou na quarta-feira oferta do BTG Pactual e Globenet Cabos Submarinos para compra de 51% da empresa de fibra ótica do grupo de telecomunicações por R$ 12,9 bilhões. A proposta do BTG e Globenet serviu de base para o edital do leilão realizado na quarta-feira, que não contou com nenhum outro interessado, informou o tribunal.

Além disso, em entrevista à agência internacional de notícias Reuters, o CEO da Petrobras, general da reserva Joaquim Silva e Luna, afirmou que a nova gestão da Petrobras (PETR4) vive no momento uma prova de fogo por causa das altas do petróleo, fator-chave para a formação de preços de derivados. Mas avaliou que o aumento dos combustíveis nesta semana demonstra independência e “critério 100% técnico” da companhia para lidar com o tema. O general da reserva escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para liderar a companhia afirmou que não houve nem haverá interferência externa no ritmo dos ajustes de preços de combustíveis.

Também como destaque, a Hapvida anunciou na quarta-feira acordos para duas aquisições nas regiões Sudeste e Nordeste do Brasil no total de R$ 475 milhões, seguindo sua estratégia de expansão e consolidação nacional e aumento da verticalização. Em São Paulo, a companhia assinou proposta vinculante para aquisição de até 100% do grupo Grupo HB Saúde de São José do Rio Preto por R$ 450 milhões –considerando a totalidade das ações.

Já o Magazine Luiza concluiu aquisição da startup Juni. Por fim, a incorporação das ações da Iguatemi pela Jereissati Participações por aprovada em assembleia geral extraordinária. Depois da conclusão da reestruturação societária, a Jereissati adotará o nome da empresa controlada e passará a ser negociada em forma de units na B3.

Relacionados:

► Câmara aprova projeto que cria debêntures de infraestrutura ► "O Brasil já está de pé, já está decolando outra vez", afirma ministro Paulo Guedes

Leia mais: