clique para ir para a página principal

Aumento de casos da variante delta da Covid gera cenário de aversão ao risco

Atualizado em -

Aumento de casos da variante delta da Covid gera cenário de aversão ao risco Freepik
► CPFL compra transmissora de energia gaúcha por R$ 2,6 bi► Agrogalaxy retoma IPO em oferta que poderá girar até R$ 519,5 mi com lotes extras

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta segunda-feira, a sessão é de queda para os principais mercados mundiais, em um cenário de aversão ao risco em meio ao avanço da variante delta. Diversos países europeus estão voltando a implementar medidas de distanciamento social.

Mesmo com números elevados de casos, o Reino Unido mantém os planos de suspender nesta segunda a maior parte das restrições que continuam a vigorar no país. Já o petróleo tem baixa também refletindo o acordo entre integrantes da Opep+ para o aumento da produção. Por aqui, o noticiário corporativo também é movimentado, com estreia da AMER3 na Bolsa, plano estratégico da Oi e relatório de produção do segundo trimestre.

Internacional

Sobre os mercados mundiais, nos EUA os índices futuros Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq indicam quedas de 1,05%, 0,77% e 0,36%, respectivamente. Na semana passada, o S&P acumulou queda de 0,52%; o Dow de 0,97%; e o Nasdaq de 1,87%, em sua pior semana desde maio. Os índices foram impactados negativamente por temores quanto à inflação. No início da semana, o Índice de Preço ao Consumidor indicou uma alta de 5,4% em junho, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Na sexta, o índice de sentimento do consumidor da Universidade de Michigan indicou que consumidores acreditam que os preços devem subir 4,8% no decorrer do ano. É a alta mais intensa desde agosto de 2008. Autoridades do Fed vêm afirmando que encaram o avanço da inflação como transitório.

Por outro lado, os números de vendas no varejo divulgados na sexta indicaram alta de 0,6% em junho em comparação com a expectativa de queda de 0,4%. No mês de julho, o Nasdaq acumula queda de 0,5%; o S&P 500 sobe 0,7%; e o Dow sobe 0,5%. Nesta semana, nove empresas componentes do Dow e 76 componentes do S&P devem divulgar seus resultados trimestrais. Isso inclui nomes como: United Airines, American Airlines, Snap, Twitter, Johnson & Johnson, Coca-Cola, IBM, Intel e Netflix, entre outros.

Nesta segunda, a Associação Nacional dos Construtores de Moradias dos Estados Unidos divulga sua pesquisa sobre o sentimento no mercado de habitação. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperam que o indicador permaneça em torno de 81. Qualquer patamar acima de 50 é considerado positivo.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng fechou em queda de 1,84%; no Japão, o Nikkei recuou 1,25%; na China continental, o Shanghai composto se manteve estável, em 3.539,12; na Coreia do Sul, o Kospi recuou 1%. Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, tem queda de 1,2%, com destaque negativo para as ações de viagem e lazer, que recuam 2%. Investidores se mantêm atentos para a decisão da Opep+ em meio a sinais de inflação nos Estados Unidos.

No continente europeu, a destruição causada por enchentes na Alemanha e na Bélgica pode afetar o sentimento nesta semana. Também há preocupação com a aceleração de novos casos de Covid, impulsionados pela variante delta, que é mais transmissível. Diversos países europeus estão voltando a implementar medidas de distanciamento social. Mesmo com números elevados de casos, o Reino Unido mantém os planos de suspender nesta segunda a maior parte das restrições que continuam a vigorar no país.

Brasil

No Brasil, o último pregão acionário encerrou com queda de 1,18%, a 125.960 pontos e volume financeiro negociado de R$26,26 bilhões. O vencimento de opções acabou aumentando a volatilidade das blue chips por aqui. Com isso, o benchmark da bolsa brasileira encerrou a semana com alta acumulada de 0,42%. Enquanto isso, o dólar comercial teve leve variação positiva de 0,01% a R$ 5,115 na compra e a R$ 5,115 na venda, acumulando perdas de 2,66% na semana.

Na sexta-feira, o jornal Folha de São Paulo publicou uma reportagem em que afirma que o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, teria participado da negociação para a compra de 30 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac por quase três vezes o preço oferecido pelo instituto Butantan, que produz o mesmo imunizante no Brasil com insumos chineses.

Além disso, no domingo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu alta do hospital Vila Nova Star, onde esteve internado desde quarta-feira para tratamento de uma obstrução intestinal. Ele garantiu que nesta segunda-feira já estará despachando do Palácio do Planalto.

Também durante entrevista à imprensa após deixar o hospital no domingo, o presidente Jair Bolsonaro defendeu os parlamentares que aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022, mas criticou a inclusão de um fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, três vezes maior do que na legislação anterior.

Ainda como destaque, levantamento feito pelo portal UOL junto a senadores aponta que o advogado-geral da União, André Mendonça, já conquistou apoio de ao menos um terço do Senado para ocupar a vaga do Supremo Tribunal Federal (STF) para a qual foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 13 de julho. Para ocupar a vaga do agora ex-ministro Marco Aurélio Mello, ele precisará de apoio da maioria absoluta do Senado, ou seja, de ao menos 41 dentre os 81 parlamentares.

Commodities

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado com queda de 2,62%, a US$71,66 o barril. No fim de semana, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e suas nações aliadas (Opep+), grupo que inclui a Rússia e o México, concordaram em aumentar no ano que vem os limites de produção de petróleo impostos a cinco países e a elevar sua produção em 2 milhões de barris por dia até o fim deste ano, encerrando uma disputa que agitou o mercado de petróleo nos últimos meses.

A partir de agosto, o grupo aumentará sua produção em 400 mil barris por dia a cada mês até dezembro, até chegar ao total de 2 milhões de barris. No ano que vem, a Opep+ concordou em reavaliar o corte de 5,8 milhões de barris de produção até o fim de 2022, que havia sido planejado no ano passado. O acordo foi alcançado depois de uma divergência desencadeada pelos Emirados Árabes Unidos, que desejavam aumentar a sua própria produção. O tema esteve no centro de um embate numa outra reunião do grupo em julho. Além disso, Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam com queda de 1,49%, cotados a 1.225 iuanes, equivalente hoje a US$ 188,87 (nas últimas 24 horas).

Corporativo

No contexto corporativo, a partir desta sessão, a B2W passa a ser negociada com o código AMER3 na B3, passando a representar não somente os ativos digitais das Lojas Americanas, mas também os físicos, enquanto LAME3 e LAME4 passam a ser holding da companhia.

Também em destaque, a Vale apresenta sua prévia operacional do segundo trimestre após o encerramento do pregão desta segunda. Já a Oi apresenta seu plano estratégico para o triênio de 2022 a 2024. Além disso, a Tegma informou na sexta-feira que seu conselho de administração decidiu por unanimidade rejeitar a proposta não solicitada de combinação de negócios pela JSL.

Também como destaque, a SLC Agrícola e a Terra Santa anunciaram nesta sexta-feira um novo passo no processo de fusão que criará uma gigante de grãos no Brasil e informaram que as condições precedentes para a consumação da operação foram cumpridas. Com a incorporação de ações, as companhias disseram que foi confirmado o aumento de capital da SLC, com a emissão de 2.516.454 ações, pelo preço de subscrição total de R$ 138 milhões, correspondente a R$ 54,84 por ação. Segundo os comunicados, em 14 de julho foi o registro de companhia aberta da Terra Santa Propriedades Agrícolas (ex-TS Agro), para listagem no segmento do Novo Mercado da B3. Assim, pode ser feita a redução de capital da Terra Santa, concluindo o cumprimento das condições precedentes da operação.

Por fim, a fabricante brasileira de jatos Embraer anunciou na sexta-feira que convocou assembleia de acionistas para 16 de agosto, na qual quer eleger dois ex-executivos da Airbus e da Boeing para seu conselho de administração. Um dos indicados é Todd Freeman, ex-Airbus Americas, antes de trabalhar por 29 anos na GE Capital Aviation Services (Gecas), onde liderou a área de aviação regional e o negócio na região do Oriente Médio, África e Rússia. O outro é Kevin McAllister, também com passagem pela GE, onde presidiu a GE Aviation Services, antes de ser presidente da divisão de aviação comercial da Boeing.

Relacionados:

► CPFL compra transmissora de energia gaúcha por R$ 2,6 bi► Agrogalaxy retoma IPO em oferta que poderá girar até R$ 519,5 mi com lotes extras

Leia mais: