clique para ir para a página principal

B3 muda metodologia de índice de sustentabilidade

Atualizado em -

B3 muda metodologia de índice de sustentabilidade Freepik
► Descubra como a sigla ESG mudou a forma como as empresas lidam com questões ambientais, sociais e de governança► Revisão da B3 faz com que ETF ESG ganhe 40 novas ações

A B3 mudou a metodologia do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e agora o indicador terá um número ilimitado de companhias participantes. Entre as mudanças está a exigência de um questionário específico de acordo com o setor no qual a companhia está inserida. Além disso, a B3 fará a divulgação pública das notas das empresas que aplicaram para participar do índice.

Para participar da seleção do índice, a empresa terá que seguir critérios como estar entre as 200 mais líquidas listadas na bolsa. O índice também teve redução de 40% e terá como parceiros o CDP (Carbon Disclosure Project), organização internacional que ajuda empresas a divulgarem seu impacto ambiental, e a RepRisk, companhia de ciência de dados ambientais, sociais e de governança corporativa. Para ser incluída no ISE, a empresa precisa ter nota C ou acima no questionário do CDP e índice RepRisk menor ou igual a 50 pontos nos últimos dois anos.

Segundo a B3, "o objetivo do ISE B3 é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas selecionadas pelo seu reconhecido comprometimento com a sustentabilidade empresarial. Apoiando os investidores na tomada de decisão de investimento e induzindo as empresas a adotarem as melhores práticas de sustentabilidade, uma vez que as práticas ESG (Ambiental, Social e de Governança Corporativa, na sigla em inglês) contribuem para a perenidade dos negócios".

Para entender como a sigla ESG mudou a forma como as empresas lidam com questões de sustentabilidade, clique aqui.

Relacionados:

► Descubra como a sigla ESG mudou a forma como as empresas lidam com questões ambientais, sociais e de governança► Revisão da B3 faz com que ETF ESG ganhe 40 novas ações

Leia mais: