clique para ir para a página principal

Bolsonaro anuncia reforma ministerial; Economia e Casa Civil terão mudanças

Atualizado em -

Bolsonaro anuncia reforma ministerial; Economia e Casa Civil terão mudanças Valter Campanato
► Bolsonaro diz que vai vetar aumento de recursos do fundo partidário► Presidente Bolsonaro indica Aras para novo mandato na PGR

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta quarta-feira (21) que fará uma pequena reforma ministerial na próxima semana. Embora não tenha entrado em detalhes, nos bastidores já há a confirmação de que as mudanças acontecerão no Ministério da Economia e na Casa Civil.

Em entrevista à radio Jovem Pan, o presidente explicou o motivo das mudanças.

"Estamos trabalhando, inclusive, uma pequena mudança ministerial, que deve ocorrer na segunda-feira, para ser mais preciso, e para a gente continuar aqui administrando o Brasil. Temos uma enorme responsabilidade, sabia que o trabalho não ia ser fácil, mas realmente é muito difícil. Não recomendo essa cadeira para os meus amigos", afirmou Bolsonaro.

Em mais um aceno ao Centrão, Bolsonaro deve colocar o senador Ciro Nogueira (PP-PI) no comando da Casa Civil. O atual ocupante do cargo, Luiz Eduardo Ramos, deve ir para a Secretaria-Geral da Presidência. Já o atual chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, deve chefiar o Ministério do Trabalho, que será recriado. Atualmente, a pasta do trabalho está dentro do Ministério da Economia.

Pegando o gancho das mudanças do presidente, o ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou que deve fazer uma reorganização na pasta.

“Tem novidade até na nossa organização estrutural; vamos fazer uma mudança organizacional aqui também. Essas novidades são justamente na direção de emprego e renda”, disse Guedes.

Relacionados:

► Bolsonaro diz que vai vetar aumento de recursos do fundo partidário► Presidente Bolsonaro indica Aras para novo mandato na PGR

Leia mais: