clique para ir para a página principal

Boeing tem lucro no 2º trimestre, após seis trimestres consecutivos de prejuízo

Atualizado em -

Boeing tem lucro no 2º trimestre, após seis trimestres consecutivos de prejuízo Divulgação
► Pfizer tem salto em lucro líquido e receita no 2º trimestre► Lucro líquido da CSN cresce 1.136% no 2º trimestre na comparação anual

(Estadão Conteúdo) - Após seis trimestres consecutivos de prejuízo, a Boeing registrou lucro líquido de US$ 587 milhões de abril a junho deste ano, conforme o balanço divulgado nesta quarta-feira. A receita da fabricante de aviões, por sua vez, foi de US$ 17 bilhões, um crescimento de 44% na comparação com igual período de 2020. Com ajustes, o lucro por ação foi de US$ 0,40. Analistas consultados pela FactSet previam prejuízo por ação de US$ 0,83.

No segundo trimestre de 2020, auge do impacto da pandemia de covid-19, a Boeing havia tido prejuízo líquido de US$ 2,395 bilhões. Além disso, a última vez que a empresa tinha registrado lucro havia sido de julho a setembro de 2019.

"Continuamos a fazer progressos importantes no segundo trimestre, pois nos concentramos em impulsionar a estabilidade em nossas operações e transformar nossos negócios para o futuro", afirmou o presidente e diretor executivo da Boeing, David Calhoun, no comunicado aos acionistas.

Segundo Calhoun, o ambiente de mercado para a aviação tem melhorado, mas a empresa acompanha de perto a evolução da pandemia e a distribuição de vacinas. Esses fatores, de acordo com ele, são cruciais para a retomada do comércio global e a estabilidade da indústria aérea.

Ainda conforme o balanço da empresa, a receita com aviões comercias aumentou 268% no segundo trimestre, em comparação anual, a US$ 6 bilhões. "A Boeing continua a progredir no retorno global seguro ao serviço do 737 MAX", diz um trecho do documento.

Relacionados:

► Pfizer tem salto em lucro líquido e receita no 2º trimestre► Lucro líquido da CSN cresce 1.136% no 2º trimestre na comparação anual

Leia mais: