clique para ir para a página principal

Repercussão dos resultados de gigantes da tecnologia e reunião do FOMC no radar dos investidores

Atualizado em -

Repercussão dos resultados de gigantes da tecnologia e reunião do FOMC no radar dos investidores Freepik
► Apple tem alta no lucro líquido a US$ 21,744 bi no trimestre e supera previsão► Vendas do Carrefour sobem 10,7% no 2T21; lucro do Assaí salta 62,2%

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta quarta-feira, o grande destaque do noticiário internacional fica para a decisão do Federal Open Market Commitee (Fomc) de política monetária, além da repercussão de resultados de destaque de gigantes da tecnologia em Wall Street, como Apple, Alphabet (dona do Google) e Microsoft, que superaram as expectativas.

Por aqui, a temporada também ganha força, com a divulgação dos números do Santander Brasil, CSN, Carrefour Brasil, Assaí, Vivo, entre outras empresas. Depois do fechamento, também serão divulgados os números do segundo trimestre da mineradora Vale.

Internacional

Sobre os mercados mundiais, nos EUA o índice futuro Dow Jones indica queda de 0,16%, enquanto os índices futuros S&P 500 e Nasdaq indicam altas de 0,01% e 0,13%, respectivamente. Na segunda, todas as principais bolsas americanas haviam fechado em patamares recordes. Mas na terça o S&P recuou 0,47%; o Dow perdeu 85,79 pontos, ou 0,24%; o Nasdaq perdeu 1,21%, em sua pior performance diária desde 12 de maio.

Apesar disso, no mês de julho o S&P acumula ganho de 2,4%; o Nasdaq ganhou 1,1%; e o Dow ganhou 1,6%. Na terça, o Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou que avalia que a alta da inflação observada em diversas partes do mundo, e que se tornou ponto central nas discussões sobre a economia dos Estados Unidos, pode não ser apenas transitória.

Também na terça, o Federal Reserve iniciou sua reunião de dois dias do comitê de política monetária. Nesta quarta, o Fomc publica sua decisão de política monetária, seguida de comentários do presidente da instituição, Jerome Powell à imprensa.

A expectativa é de que o banco central americano traga mais informações sobre quando pretende reduzir a sua política de compra de ativos, que vem sendo implementada durante a pandemia.

Entre as grandes empresas que divulgaram seus resultados na terça estiveram a Apple, que teve resultados acima do esperado para faturamento bruto e lucro líquido e afirmou que as vendas de iPhone subiram 50% na comparação anual; a Alphabet, dona do Google, que teve alta de 69% na receita com propaganda; e a Microsoft, que teve faturamento bruto acima da expectativa, apesar de queda na receita de sua divisão dedicada ao sistema operacional Windows.

Até o momento, entre as empresas componentes do S&P 500 que já divulgaram resultados, 89% ultrapassaram as expectativas de lucro, e 86% ultrapassaram a expectativa de receita. Entre as empresas que divulgam seus números nesta quarta estão Pfizer, Facebook, Paypal e McDonald’s. As bolsas americanas continuam pressionadas por papéis de empresas chinesas dos setores de educação e tecnologia, que vêm registrando perdas em meio a temores regulatórios.

As bolsas asiáticas têm desempenhos variados entre si, em meio a temores sobre regulação em empresas dos setores de educação e tecnologia da China, que continuam a pesar sobre os mercados. Algumas das ações desses setores recuperaram parte das perdas do início da semana. Na quarta, as ações da gigante Tencent tiveram leve alta 0,27% em Hong Kong; as do Alibaba tiveram alta de 1,83%; as do Meituan subiram 7,53%. No entanto, os papéis da fabricante de carros Xpeng, também listadas em Hong Kong, perderam 7,94%, acompanhando o desempenho de seus papéis listados nos Estados Unidos.

No setor de educação privada, o New Oriental Education & Technology Group teve alta de 9,71%; e as ações a Koolearn Technology avançaram 9,16%. Em Hong Kong, o índice Hang Seng fechou a quarta com alta de 1,54%, após uma queda de mais de 8% no início da semana. Na China continental, no entanto, o Shanghai composto recuou 0,58%; na Coreia do Sul, o Kospi teve alta de 0,13%; e no Japão o Nikkei recuou 1,39%. As bolsas europeias têm em sua maioria altas. O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, tem alta de 0,46%, com destaque positivo para ações dos setores de viagem e lazer, e negativo para ações do setor químico.

Entre as empresas que divulgam seus resultados nesta quarta na Europa estão Barclays, Santander, Basf, Deutsche Bank e Rio Tinto. O Deutsche Bank divulgou resultados acima do esperado para o segundo trimestre, com receita líquida de 692 milhões de euros, acima da expectativa de 328 milhões de euros de analistas ouvidos pela Refinitiv. O Barclays divulgou lucro atribuível de 2,1 bilhões de libras, frente a 90 milhões no mesmo período de 2020. As ações de ambos os bancos registram ganhos.

Na terça, o Reino Unido registrou o seu maior número de mortes por Covid em um único dia desde março deste ano, levando o primeiro-ministro Boris Johnson a pregar cautela.

Brasil

No Brasil, o último pregão acionário encerrou com queda de 1,1%, a 124.612 pontos e volume financeiro negociado de R$25,757 bilhões, em meio ao desempenho negativo dos principais índices acionários das bolsas americanas, que caíram pela primeira vez em seis dias depois de mais um pregão conturbado na Ásia e à cautela com dois fatos importantes da semana nos Estados Unidos: a temporada de resultados e a decisão de juros do Federal Reserve. Enquanto isso, o dólar comercial teve leve variação positiva de 0,06% a R$ 5,177 na compra e a R$ 5,178 na venda.

O Fundo Monetário Internacional informou na terça que passou a ver um crescimento do Produto Interno Bruto brasileiro de 5,3% em 2021, 1,6 ponto porcentual a mais do que era estimado em abril. A informação consta no relatório Perspectiva Econômica Global, em que o FMI reduziu, por outro lado a projeção de crescimento para 2022 em 0,7 ponto percentual, a 1,9%.

A projeção do FMI para a expansão do PIB brasileiro este ano ficou em linha com a do Ministério da Economia feita em meados deste mês. Mas para 2022 a expectativa do ministério é melhor, de 2,51%. Já a estimativa de crescimento do PIB na pesquisa Focus realizada semanalmente pelo Banco Central junto a uma centena de especialistas está em 5,29% para 2021 e 2,10% para 2022.

Commodities

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado com alta de 0,10%, a US$73,59 o barril. Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 0,22%, cotados a 1.137,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 175,07 (nas últimas 24 horas).

Corporativo

No contexto das corporações, as ações de TC têm seu primeiro pregão nesta quarta após a ação ser precificada a R$ 9,50 em oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês). Outra ação com estreia prevista é a Armac, com precificação a R$ 16,63.

Na temporada de resultados, o Santander Brasil registrou lucro líquido gerencial de R$ 4,171 bilhões no segundo trimestre de 2021, alta de 98,4% frente igual período do ano anterior e avanço de 5,4% ante o trimestre imediatamente antecedente.

Já a rede de atacarejo Assaí teve alta de 62% no lucro líquido do segundo trimestre ante mesmo período de 2020, para R$ 305 milhões, informou a companhia na terça-feira. A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 793 milhões, crescimento de 33% na comparação anual. A companhia, controlada pelo francês Casino, inaugurou no trimestre três lojas, ampliando a base total no país para 187 unidades.

Segundo balanço divulgado na terça, o grupo Carrefour Brasil teve queda de 16,8% no lucro líquido do segundo trimestre ante mesmo período de 2020, a R$ 592 milhões. A companhia, que também é dona da bandeira de atacarejo Atacadão, teve Ebitda ajustado de R$ 1,37 bilhão no período, recuo ano a ano de 3,6%.

A CSN, por sua vez, registrou lucro atribuído aos controladores de R$ 4,96 bilhões no segundo trimestre deste ano, o que representa alta de 1.338,6% frente igual período de 2020. Já a Unidas registrou um lucro líquido recorrente de R$ 241,2 milhões no segundo trimestre de 2021, ante R$ 1,7 milhão no mesmo período do ano passado.

Por fim, o IPO da provedora de serviços de internet Brisanet, com sede no Ceará, saiu a R$ 13,92 por papel, segundo informações publicadas na terça-feira na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O preço saiu no piso da faixa estimada pelos coordenadores, que ia até R$ 17,26 cada. Ao todo, a transação totalizou R$ 1,435 bilhão. Com a venda de R$ 89,8 milhões na tranche primária, a empresa levantou R$ 1,25 bilhão, que deverá usar para expandir sua rede própria e aportar capital na Agility.

Relacionados:

► Apple tem alta no lucro líquido a US$ 21,744 bi no trimestre e supera previsão► Vendas do Carrefour sobem 10,7% no 2T21; lucro do Assaí salta 62,2%

Leia mais: