clique para ir para a página principal

Não tenha apenas funcionários. Tenha colaboradores.

Coluna de

Carla Lepesteur

Atualizado em -

Não tenha apenas funcionários. Tenha colaboradores. Freepik

Você já deve ter percebido que, cada vez mais, os empregados de uma empresa são chamados de colaboradores e não apenas de “funcionários”. Essa mudança não é por acaso. Cada vez mais, fica evidente a importância dos recursos humanos para o sucesso de um negócio.

São as pessoas que fazem acontecer. Seja num pequeno negócio em uma cidade de interior ou numa multinacional que atua em vários países. São as pessoas que fazem a engrenagem funcionar, que fazem o cliente se encantar e que, principalmente, mantém os projetos de pé.

Diante disso, chamar um funcionário de “colaborador” é admitir que essa parceria faz diferença. Como empresário, é importante ter sua equipe ao seu lado. Criar uma cultura saudável e, mais do que isso, garantir boas condições de trabalho, são dois itens essenciais para que uma empresa tenha bons recursos humanos dentro do seu negócio.

Como a Teoria de Hezberg ensina, um bom salário não é suficiente para garantir um colaborador satisfeito. Uma série de outros fatores precisa ser levada em conta para ter uma equipe motivada. A possibilidade de crescimento e o investimento em desenvolvimento e capacitação, por exemplo, devem ser constantes dentro de uma empresa.

O Google, considerado uma das melhores empresas do mundo para trabalhar, desenvolveu vários métodos para conquistar seu colaborador. A companhia proporciona um clube de benefícios aos profissionais, incentiva a diversidade, estimula a criatividade e permite que sua equipe tenha uma rotina flexível, focada na entrega de resultados e não apenas no cumprimento rígido de horários.

Num mundo onde inovar é essencial, ter colaboradores motivados também incentiva a inovação. Um profissional satisfeito quer ajudar a sua empresa a crescer e entende que, se o negócio vai bem, sua carreira profissional também vai muito bem.

  • Jornalista e Editora-Chefe do Mercado1Minuto.

Relacionados:

Leia mais: