clique para ir para a página principal

Embraer amplia rede de serviços para jatos executivos nos EUA

Atualizado em -

Embraer amplia rede de serviços para jatos executivos nos EUA Divulgação | Embraer
► Eve, da Embraer, e Kenya Airways firmam parceria para desenvolver mobilidade aérea urbana► Embraer registra lucro líquido ajustado de R$ 212,8 milhões, o primeiro desde 2018

Nesta sexta-feira (20), a Embraer (EMBR3) comunicou ao mercado que está ampliando sua rede de suporte na região Nordeste dos Estados Unidos com a adição de novos serviços em Centros de Serviços Autorizados da Embraer (EASC). A companhia informa que concedeu a três centros a capacidade de aumentar as possibilidades para atender mais modelos de jatos executivos da Embraer.

“Com o crescimento da frota de jatos executivos da Embraer nos Estados Unidos, estamos reforçando nossa rede de serviços para melhor atender nossos clientes na região. As três instalações oferecerão excelentes opções a esses clientes para manutenção programada e não-programada, troca de componentes e peças e inspeções com diferentes níveis de complexidade”, afirma o Diretor Global de MRO da Embraer Serviços & Suporte, Frank Stevens.

Foi concedida para a Hawthorne Global Aviation Services, LLC, localizada no Aeroporto MacArthur de Long Island, em Nova York, a capacidade de adicionar a manutenção de aeronaves com inclusão dos jatos Phenom 100, Phenom 300, Legacy 450 e Legacy 500, além do Praetor 500 e o Praetor 600, ampliando assim suas atuais capacidades de manutenção para servir os jatos Legacy 600 e Legacy 650.

A Jet East Aviation, LLC, localizada no Aeroporto Trenton-Mercer em Trenton, Nova Jersey, também recebeu autorização para capacidades adicionais de manutenção de aeronaves. Agora, o centro de serviços está incluindo o Legacy 450 e o Legacy 500, o Praetor 500 e o Praetor 600 à sua capacidade atual de manutenção das aeronaves Phenom 100 e Phenom 300.

A terceira autorização foi para a Pro Star Aviation, LLC, localizada no Aeroporto Regional Manchester-Boston, em New Hampshire, que agora prestará serviços para o Phenom 100 e Phenom 300, o Legacy 450 e o Legacy 500, o Legacy 600 e o Legacy 650, e o Praetor 500 e o Praetor 600.

” A Embraer também mantém seus serviços com outros parceiros na região, como a Constant Aviation, localizada no Aeroporto Internacional Cleveland Hopkins, em Cleveland, Ohio, e a Stevens Aerospace and Defense Systems, localizada no Centro de Tecnologia e Aviação da Carolina do Sul, em Greenville, na Carolina do Sul”, finaliza a companhia.

Relacionados:

► Eve, da Embraer, e Kenya Airways firmam parceria para desenvolver mobilidade aérea urbana► Embraer registra lucro líquido ajustado de R$ 212,8 milhões, o primeiro desde 2018

Leia mais: