clique para ir para a página principal

Alta da Selic; entenda como ela influencia nos seus investimentos

Atualizado em -

Alta da Selic; entenda como ela influencia nos seus investimentos Pexels
► Quais as vantagens e as desvantagens das LCIs e LCAs?► Títulos públicos voltam a bater máximas; Tesouro Direto pode ser porta de entrada para investidores

No início de agosto, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 4,25% para 5,25% ao ano. Esse foi o quarto reajuste consecutivo, desde o início do movimento de alta dos juros, em março. O Copom sinalizou que na próxima reunião, em 21 e 22 de setembro, fará outra alta de um ponto percentual na taxa.

A taxa Selic serve de referência para o mercado financeiro e afeta a inflação, o câmbio e, consequentemente, os investimentos. Qualquer mudança na taxa básica de juros tem impacto nos investimentos. Em alguns casos, os juros tornam alguns ativos financeiros mais interessantes e outros menos atraentes.

“O Banco Central está olhando a expectativa de inflação, afinal de contas, você sobe o juro e teoricamente você atrai mais capital para o país, tendo mais capital você tende a jogar o dólar para baixo e apreciar o real, e tende a tornar o investimento em renda fixa um pouco mais atraente”, afirma Leonardo Milane, Sócio e Economista da VLG Investimentos.

Os investimentos de renda fixa no país, que em sua maioria seguem o CDI, incluem o Tesouro Direto, os CBDs, as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA), entre outros.

Leonardo Milane explica que também existem ações que se beneficiam de uma dinâmica de juros altos como, por exemplo, os bancos e as seguradoras.

"As ações de bancos e seguradoras, historicamente performaram bem em momentos de aperto monetário, seja por conta da alta do juros - não é regra -, mas normalmente por estarem relacionadas ao aumento do spread bancário. No caso das seguradoras, são obrigadas pela Lei Susep a aplicarem boa parte dos prêmios captados na venda de seguro em títulos Triplo A, que contam com boa liquidez. Na prática, a regra exige que a seguradora aplique em título pós-fixado”, detalha o Sócio e Economista da VLG Investimentos.

O Comitê de Política Monetária informou ainda que a taxa Selic deve encerrar o ano acima do patamar considerado “juro neutro” e que os futuros passos da política monetária poderão ser ajustados para garantir o cumprimento da meta de inflação. No entanto, as decisões do Copom dependerão da melhora da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação.

Relacionados:

► Quais as vantagens e as desvantagens das LCIs e LCAs?► Títulos públicos voltam a bater máximas; Tesouro Direto pode ser porta de entrada para investidores

Leia mais: