clique para ir para a página principal

Stone lança aplicativo que transforma o celular em maquininha de cartão

Atualizado em -

Stone lança aplicativo que transforma o celular em maquininha de cartão Leandro Fonseca
► Cade libera em definitivo a compra da Linx pela Stone; Linx pagará R$ 100 milhões em dividendos► Mercado Pago libera crédito para vendedores expandirem seu negócio no Mercado Livre

Para contar com mais formas de pagamento nos seus negócios, muitos empreendedores têm investido nas maquininhas de cartão. As opções no setor são inúmeras, cada uma com seu atrativo, tornando a disputa acirrada.

Pensando nisso, a Stone (STNE) lançou nesta terça-feira (24), a sua maquininha virtual, o TapTon, ferramenta que permite transações de crédito ou débito por meio de cartões de aproximação (NFC) através do celular. A solução mira os 30 milhões de profissionais liberais e microempreendedores, mercado que a companhia explora por meio da controlada Ton.

Segundo o presidente da Stone, Augusto Lins, qualquer cliente que queira ter essa ferramenta de recebimento pode obtê-la, mas o serviço foi pensado para democratizar o meio de pagamento e levar o serviço a autônomos, microempreendedores ou profissionais liberais, sem precisar comprar uma maquininha.

”É uma evolução desse mercado de maquininhas, só que sem maquininha", afirmou Augusto Lins.

A solução se torna proveitosa para o comerciante ou prestador de serviço por ter um custo mais baixo, e também para a Stone, à medida que a rede sem maquininhas se expanda, o custo de aquisição de clientes reduzirá.

De acordo com Lins, a necessidade de manter os negócios vivos durante o isolamento acelerou a transformação da tecnologia nas mãos dos empreendedores e abriu espaço a essa evolução.

"A quantidade de autônomos no Brasil é enorme e o dinheiro ainda é o meio de pagamento mais utilizado. Agora vamos dar possibilidade a esse cara, que não contratava porque a maquininha demorava ou porque o custo não valia a pena" finaliza Lins.

A nova maquininha virtual também está sendo implementada pela Vero, adquirente do Banrisul (BRSR6). O banco está em busca de um sócio que apoie a expansão para o restante do país.

Relacionados:

► Cade libera em definitivo a compra da Linx pela Stone; Linx pagará R$ 100 milhões em dividendos► Mercado Pago libera crédito para vendedores expandirem seu negócio no Mercado Livre

Leia mais: