clique para ir para a página principal

Movida anuncia emissão de R$ 1,7 bilhão em debêntures

Atualizado em -

Movida anuncia emissão de R$ 1,7 bilhão em debêntures Divulgação | Shopping Pátio Paulista
► Unidas anuncia emissão de R$ 1,1 bilhão em debêntures► Movida anuncia recompra de até 12,3 milhões de ações; BR Properties encerra seu plano de recompra

Nesta quinta-feira (16), a Movida (MOVI3) informou que o conselho de administração da companhia aprovou a sétima emissão de debêntures simples, valor de até R$ 1,75 bilhão.

As debêntures serão objeto de distribuição pública, com esforços restritos de distribuição em uma operação que será realizada em até três séries, sendo a primeira e a segunda no valor de R$ 1,4 bilhão e R$ 350 milhões da terceira série.

A primeira série terá juros remuneratórios de 100% da variação acumulada da Taxa DI, acrescido de sobretaxa equivalente a 2,70% ao ano. Na segunda série os juros remuneratórios serão de 100% da variação acumulada da Taxa DI, acrescido de sobretaxa equivalente a 2,90% ao ano. Na última série acontecerá a atualização monetária pela variação acumulada do IPCA e juros remuneratórios correspondentes a um determinado percentual, a ser definido de acordo com o procedimento de bookbuilding.

O valor nominal unitário das debêntures será amortizado da seguinte forma: a primeira série em duas parcelas, sendo a primeira devida em 15 de setembro de 2025 e a última devida na data de vencimento (15 de setembro de 2026); a segunda será em três parcelas, sendo a primeira devida em 15 de setembro de 2027, a segunda devida em 15 de setembro de 2028, e a última devida na data de vencimento, 15 de setembro de 2029; e a terceira série também terá três parcelas, sendo a primeira devida em 15 de setembro de 2029, a segunda devida em 15 de setembro de 2030, e a última devida na data de vencimento, 15 de setembro de 2031.

Os recursos obtidos pela companhia por meio da emissão das debêntures da primeira e segunda série serão destinados para capital de giro, gestão de caixa e reforço de liquidez, com o alongamento no perfil de dívida da companhia e/ou das suas controladas. Já os recursos obtidos pela companhia por meio da emissão das debêntures da terceira série serão destinados para aquisições de frota de veículos elétricos, híbridos ou que funcionem por meio de energia limpa.

Relacionados:

► Unidas anuncia emissão de R$ 1,1 bilhão em debêntures► Movida anuncia recompra de até 12,3 milhões de ações; BR Properties encerra seu plano de recompra

Leia mais: