clique para ir para a página principal

Sessão será movimentada com PIB do Brasil, crise hídrica e dados de emprego dos EUA

Atualizado em -

Sessão será movimentada com PIB do Brasil, crise hídrica e dados de emprego dos EUA Freepik
► 3R Petroleum anuncia aquisição das ações da Duna Energia; companhia vai emitir R$ 1,6 bi em debêntures► MRV poderá recomprar até 8,19% das suas ações em circulação

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta quarta-feira, a sessão é movimentada, com os dados de Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, além da repercussão das medidas para enfrentar a crise hídrica e que terão impacto na inflação.

No exterior, o noticiário também é movimentado, com a expectativa pela divulgação dos dados de emprego no setor privado dos EUA pelo ADP, a repercussão do PMI Caixin/Markit da China caindo abaixo de 50 (patamar que separa expansão da contração quando menor que esse valor), levando à queda do minério, além da divulgação de diversos PMIs na zona do euro.

A sessão ainda marca a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, incluindo a Rússia, que formam o grupo conhecido como Opep+. O grupo faz o encontro para discutir o aumento de produção previamente acordado de 400 mil barris por dia (bpd) ao longo dos próximos meses.

O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu à Opep e seus aliados para que ampliem a produção de petróleo, visando conter um aumento nos preços da gasolina –algo que considera uma ameaça à recuperação econômica global. Contudo, segundo informações da Reuters, a Opep+ deverá manter sua política de produção de petróleo.

Internacional

Sobre os mercados mundiais, os índices futuros Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq indicam altas de 0,31%, 0,32% e 0,20%, respectivamente. Na terça, o Dow teve queda de 0,11%; o S&P perdeu 0,13%; e o Nasdaq perdeu 0,04%.

As principais bolsas americanas fecharam o mês de agosto em alta. O S&P teve sua sétima alta consecutiva, de 2,9%; o Nasdaq Composto avançou 4%; e o Dow teve ganhos de 1,2%. As bolsas americanas não têm uma queda significativa desde outubro de 2020, o que faz com que alguns estrategistas esperem uma queda em setembro, mês em que, historicamente, as bolsas americanas costumam passar por uma correção. Investidores aguardam a divulgação na sexta-feira de dados sobre emprego nos Estados Unidos. Economistas ouvidos pela Dow Jones acreditam que 750 mil vagas tenham sido criadas no mês, e que a taxa de desemprego tenha caído a 5,2%. Antes disso, será divulgado nesta quarta os dados de emprego do setor privado pelo ADP. As bolsas asiáticas tiveram desempenhos variados entre si na quarta.

Na terça, foi divulgado o Índice do Gerente de Compras (PMI na sigla em inglês) oficial da China, que indicou que a atividade fabril na China marcou em agosto a 50,1 pontos, frente a 50,4 pontos em julho. Já nesta quarta foi divulgado o PMI Caixin/Markit da indústria, que marcou 49,2 pontos, abaixo da marca de 50 pontos que separa expansão da contração, ante 50,3 no mês anterior e expectativas de 50,1 pontos.

A desaceleração do setor industrial destaca a fragilidade da recuperação econômica e o impacto das rigorosas restrições devido ao coronavírus no país, dando suporte às expectativas de que Pequim adotará mais medidas de suporte para revitalizar o crescimento. Na China continental, o Shanghai composto avançou 0,65%; em Hong Kong, o índice Hang Seng teve alta de 0,45%; no Japão, o Nikkei teve alta de 1,29%; na Coreia do Sul, o Kospi subiu 0,24%.

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, avança 0,8%, com destaque positivo de ações do setor de varejo, e negativo do setor de recursos básicos.

Na terça, os mercados foram abalados após a divulgação de dados de inflação relativos à Zona do Euro em agosto, que indicaram que preços ao consumidor subiram 3% no mês em relação ao mês anterior, de acordo com estimativas preliminares. O patamar fica acima das expectativas, assim como da meta de 2% do Banco Central Europeu. Isso deve pressionar o BCE a tratar da inflação em uma reunião-chave marcada para a semana que vem.

Ainda no radar econômico, o escritório oficial de estatísticas da Alemanha afirmou que as vendas no varejo recuaram mais do que o esperado em julho no país. A queda foi de 5,1% em termos reais, frente a uma previsão de queda de 0,9% da agência internacional de notícias Reuters. Em junho, a alta havia sido de 4,5%, e em maio, de 4,6%. O Índice do Gerente de Compras (PMI em inglês) industrial relativo a agosto na Zona do Euro, que marcou 60,4 pontos, abaixo da expectativa de analistas, de 61,5 pontos, e do patamar anterior, de 62,8 pontos.

Também foi divulgado o PMI industrial relativo a agosto no Reino Unido, que marcou 60,3 pontos, frente à estimativa anterior, de 60,1 pontos e do patamar anterior, de 60,4 pontos. Completando a intensa agenda de indicadores, foi divulgada a taxa de desemprego relativa a julho na Zona do Euro, que marcou 7,6%, em linha com a estimativa e abaixo do patamar anterior, de 7,8%.

Brasil

No Brasil, o último pregão de ações encerrou com queda de 0,8%, a 118.781 pontos e volume financeiro negociado de R$38,57 bilhões. Com isso, o índice consolidou uma desvalorização de 2,48% no mês de agosto. Enquanto isso, o dólar comercial teve queda de 0,34% a R$ 5,171 na compra e a R$ 5,172 na venda.

O Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre do ano recuou 0,1% no segundo trimestre de 2021 em relação aos três meses imediatamente anteriores. O resultado divulgado nesta quarta-feira (01) mostra que a retomada da economia perdeu o fôlego depois de registrar avanço de 1,2% no primeiro trimestre de 2021.

Na terça, o ministro de Minas e Energia, almirante de esquadra Bento Albuquerque, pediu à população que faça “esforço inadiável” para reduzir o consumo de eletricidade. Ele também anunciou uma nova sobretaxa, chamada de “Escassez Hídrica”, que trará aumento adicional de 6,78% na tarifa média dos consumidores regulados. Mais cedo, o Ministério de Minas e Energia havia informado que o novo patamar da bandeira terá valor de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos, com vigência de 1º de setembro de 2021 a 30 de abril de 2022. O custo da bandeira não inclui as revisões das tarifas das distribuidoras, por exemplo.

Mais cedo neste mês, o ministério havia estimado que os reajustes das contas de luz terão alta de pouco mais de 8% em 2021, um nível que já tem pressionado índices inflacionários. Em seu projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) encaminhado na terça-feira ao Congresso Nacional, o Ministério da Economia melhorou a meta de resultado primário para 2022 a um déficit de R$ 49,6 bilhões, ante rombo de R$ 170,5 bilhões fixado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022.

O rombo será menor principalmente pela perspectiva de mais receitas líquidas para o ano que vem, com acréscimo de R$ 146,3 bilhões sobre o que havia sido projetado na LDO. Ainda assim, o déficit primário veio acima das indicações recentes do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que ficaria por volta de 0,3% do PIB em 2022.

Commodities

Sobre as commodities, o petróleo Brent é negociado com alta de 0,32%, a US$71,86 o barril. Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian registram queda de 7,78%, cotados a 765 iuanes, equivalente hoje a US$ 118,28 (nas últimas 24 horas).

Corporativo

No contexto das corporações, A CSN concluiu a aquisição do controle da Elizabeth Cimentos e Elizabeth Mineração. Além disso, a Bemobi concluiu a compra de 100% do capital social da Tiaxa (Zonamovil). Segundo a companhia, a “aquisição é um importante passo na implementação do plano estratégico visando alavancar o crescimento em serviços digitais com ênfase em microfinanças e plataformas digitais, canais e geografia”.

Por fim, a Eletrobras informou na terça-feira que pagará R$ 23,2 bilhões à União pelas outorgas de 22 usinas hidrelétricas que terão contratos renovados, em movimento relacionado ao processo de privatização da empresa, após o governo federal ter aprovado resolução que define o valor do benefício econômico dos novos contratos de concessão da companhia.

Relacionados:

► 3R Petroleum anuncia aquisição das ações da Duna Energia; companhia vai emitir R$ 1,6 bi em debêntures► MRV poderá recomprar até 8,19% das suas ações em circulação

Leia mais: