clique para ir para a página principal

B3: Grupo Vittia conclui IPO e Rede D’Or ingressa no Índice Bovespa

Atualizado em -

B3: Grupo Vittia conclui IPO e Rede D’Or ingressa no Índice Bovespa Divulgação | B3
► Rede D'Or São Luiz lança oferta pública de aquisição da Alliar► Planos de IPO da Havan são interrompidos pela segunda vez

Nesta quinta-feira (2), o Grupo Vittia (VITT3), empresa nacional de biotecnologia e nutrição especial de plantas, entrou para o grupo de empresas listadas na B3.

A conclusão do IPO (oferta pública inicial, em português) contou com cerimônia na sede da B3, em São Paulo, e teve a presença do vice-presidente Financeiro, Corporativo e de Relações com Investidores da empresa, Daniel Sonder, e Wilson Romanini, CEO do Grupo Vittia.

Segundo Daniel Sonder, o Grupo Vittia se torna a 45ª empresa a concluir a sua oferta de ações na bolsa de valores brasileira em 2021, integrando-se à outras companhias que fizeram o mesmo movimento em diversos setores, inclusive no ramo do agronegócio.

"A B3 sabe que o agronegócio é um dos principais motores da nossa economia e está presente em vários negócios ligados a isso, desde os derivativos de commodities até o registro dos títulos de crédito que levam financiamento aos produtores rurais, cooperativas e indústria”, disse o vice-presidente da B3, durante a cerimônia desta tarde.

A oferta restrita foi realizada nos termos da ICVM 476, na vertente Novo Mercado e teve a coordenação da XP, Itaú BBA e Citi.

A fabricante de defensivos biológicos e fertilizantes chegou a anunciar a interrupção do seu IPO por duas vezes este ano, em abril e agosto. Com a retomada da operação em uma oferta restrita, as ações chegaram a disparar mais de 25%.

O preço por papel do Grupo Vittia foi definido em R$ 8,60, no piso da faixa indicativa. Hoje, às 15h52, os papéis estavam cotados em R$ 10,23 - alta de 18,95%.

O IPO da companhia movimentou R$ 382 milhões. De acordo com o Grupo Vittia, parte do dinheiro será direcionado para o Brasil FIP, acionista vendedor na parcela secundária da oferta. Já a parcela primária, com venda de 8,3 milhões de ações e levantamento de cerca de R$ 53,85 milhões, ficará no caixa da empresa. Segundo a Vittia, o lucro será investido em aquisições estratégicas.

Rede D’Or no Ibovespa

A Rede D’Or São Luiz (RDOR3) também anunciou hoje (02) ao mercado em geral que recebeu a confirmação da B3 de que seus papéis ingressarão na carteira do Índice Bovespa (IBOV), a partir do dia 6 de setembro de 2021.

Segundo dados publicados pela B3, o peso das ações da Rede D’Or na nova composição do índice será de 0,927%, representando a 29ª posição entre os 91 ativos que compõem a carteira.

A ação da Rede D’Or ainda será incluída no índice IBrX-100, onde se encontram os 100 ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações brasileiro. No entanto, a empresa também participa de outros índices da B3, como o MLCX, ICON, IGCT, IGNM, IGCX, IBRA e ITAG.

Relacionados:

► Rede D'Or São Luiz lança oferta pública de aquisição da Alliar► Planos de IPO da Havan são interrompidos pela segunda vez

Leia mais: