clique para ir para a página principal

Cade aprova compra pela TIM de 30% do capital da plataforma Ampli, da Cogna

Atualizado em -

Cade aprova compra pela TIM de 30% do capital da plataforma Ampli, da Cogna TIM/Divulgação
► Lucro líquido da TIM salta 154% no 2T21 na comparação com 2020► Anatel cancela reunião para votar versão final do edital do 5G

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), aprovou a operação para garantir a aquisição pela TIM (TIMS3) de 30% do capital social da plataforma educacional Ampli, da Kroton, subsidiária da Cogna (COGN3).

Com o fechamento da transação, a Cogna oferecerá todo o conteúdo didático da Ampli para a base da TIM, que conta com mais de 51,5 milhões de clientes.

Consequentemente, a TIM se tornará sócia minoritária da Kroton, em uma nova empresa a ser criada como consequência da separação de ativos da plataforma Ampli, que dependerá da evolução dos resultados da parceria das empresas.

Criada há um ano pela Cogna, a Ampli oferece aulas de graduação, pós-graduação e cursos livres, que permite ingresso semanal de alunos e cursos de menor duração, entre 18 meses e 36 meses, com teste gratuito de 30 dias.

De acordo com as empresas, a estratégia busca a monetização dos ativos que a TIM detém como operadora de telefonia móvel através de parcerias que criem valor para os clientes e para a própria companhia.

A transação permitirá a entrada da TIM no mercado de cursos livres, graduação e pós-graduação com o diferencial de seus planos de serviços, juntamente com conteúdos digitais nas ofertas realizadas aos usuários.

Na autorização em que aprovou a transação, o Cade ressalta ainda que o acordo envolve menos de 20% deste segmento.

Relacionados:

► Lucro líquido da TIM salta 154% no 2T21 na comparação com 2020► Anatel cancela reunião para votar versão final do edital do 5G

Leia mais: