clique para ir para a página principal

Movida aprova distribuição de lucros de R$ 510 milhões; Bradespar pode entregar R$ 5,26 bi a acionistas

Atualizado em -

Movida aprova distribuição de lucros de R$ 510 milhões; Bradespar pode entregar R$ 5,26 bi a acionistas Divulgação | Shopping Pátio Paulista
► Movida levanta US$ 300 milhões em títulos de dívidas; Minerva Foods investirá US$ 3 milhões na Traive► Grupo Soma e Cia Hering aprovam combinação de negócios em AGEs

O conselho de administração da Movida (MOVI3) aprovou nesta quarta-feira (15), a distribuição de R$ 510 milhões em dividendos intercalares e intermediários.

De acordo com a companhia de locação de automóveis, a distribuição de lucros refere-se a R$ 300 milhões a título de dividendos intercalares, com base no resultado do segundo trimestre, e R$ 210 milhões por conta de proventos intermediários, com base em lucros de exercícios anteriores.

A Movida afirma que o pagamento dos dividendos ocorrerá até 30 de setembro de 2021.

Bradespar

Ontem (14), a Bradespar (BRAP4) informou a aprovação de um programa de bonificação em ações, por meio da capitalização de reserva de lucros. O aumento do capital social foi de R$ 1,660 bilhão, passando de R$ 4,1 bilhões para R$ 5,76 bilhões.

A companhia, holding da Vale (VALE3), diz que pretende aumentar a liquidez dos papéis ao elevar seu capital social por meio de uma quantidade maior de ações em circulação e de ajustar a cotação das ações, deixando-as mais acessíveis e atrativas para mais investidores.

A Bradespar anunciou a convocação de uma assembleia geral extraordinária (AGE), marcada para o dia 15 de outubro, para votar uma futura redução do seu capital. A proposta prevê uma redução de R$ 5,26 bilhões. Se aprovada, será concretizada com a entrega de ações ordinárias da Vale aos acionistas da Bradespar.

Os analistas da XP, Yuri Pereira e Thales Carmo apontam que, segundo dados do fechamento de 14 de setembro, a Bradespar possui uma parte de 5,73% na Vale, avaliada em R$ 27,6 bilhões. Eles estimam que com essa redução, se aprovada por seus acionistas, sua participação na mineradora cairá para cerca de 3,23%. A distribuição seria na proporção de 0,3139 ação da Vale para cada ação de emissão da Bradespar.

”Vemos a notícia como positiva para Bradespar, pois existe espaço para um fechamento adicional do desconto de holding, que está atualmente em torno de 20%”, destacam os analistas.

Relacionados:

► Movida levanta US$ 300 milhões em títulos de dívidas; Minerva Foods investirá US$ 3 milhões na Traive► Grupo Soma e Cia Hering aprovam combinação de negócios em AGEs

Leia mais: