clique para ir para a página principal

Fitch aumenta nota de crédito da Gol com perspectiva estável

Atualizado em -

Fitch aumenta nota de crédito da Gol com perspectiva estável Divulgação / GOL
► GOL assina acordo de codeshare com a American Airlines por R$ 1,05 bilhão► GOL fecha acordo para entrega de 250 Aeronaves eVTOL no Brasil

A Fitch Ratings, agência de classificação de riscos, aumentou a nota de crédito da GOL Linhas Aéreas (GOLL4) de “CCC+” para “B-” e a nota de crédito nacional passou de “B-(bra)” para “BB+(bra)”, ambas com perspectivas estáveis. O novo rating se deu por conta da redução dos riscos de refinanciamento da GOL no curto prazo.

“A elevação reflete a redução do risco de refinanciamento no curto prazo, com a conclusão do seu programa de gestão de passivos, assim como uma melhora em sua liquidez”, declaram os analistas da Fitch Ratings.

Além disso, a agência também afirma que o histórico comprovado da GOL em acessar o mercado de crédito internacional também é um ponto positivo. Segundo a Fitch, com a melhora na dinâmica do setor aéreo doméstico no Brasil, o centro das operações da GOL deve ajudar a elevar o fluxo de caixa operacional e apoiar a tendência de desalavancagem em 2022.

Refinanciamento da GOL

No dia 17 de agosto deste ano, a GOL anunciou o refinanciamento de sua dívida de R$ 1,2 bilhão, com vencimento em 2024. A operação permitiu que a companhia aérea voltasse ao seu menor patamar de débito de curto prazo desde 2014.

Como o Mercado1Minuto registrou aqui, a empresa informou que os participantes do sindicado são bancos locais e a transação ainda está sujeita a aprovações finais e assinatura da documentação. De acordo com a GOL, o refinanciamento representa a última etapa do programa de liability management (gerenciamento de riscos para evitar o descasamento entre ativos e passivos).

Os recursos utilizados para refinanciar a dívida foram R$ 592 milhões do saldo remanescente da 7ª emissão de debêntures, R$ 528 milhões de linhas de crédito de financiamento à importação (Finimps) e R$ 165 milhões de linhas de crédito para capital de giro.

Relacionados:

► GOL assina acordo de codeshare com a American Airlines por R$ 1,05 bilhão► GOL fecha acordo para entrega de 250 Aeronaves eVTOL no Brasil

Leia mais: