clique para ir para a página principal

BlueFit cancela IPO por baixa demanda dos investidores

Atualizado em -

BlueFit cancela IPO por baixa demanda dos investidores Divulgação/Bluefit
► Depois de sucesso da SmartFit, BlueFit pede aval para IPO ► IPO: Vale a pena investir em uma empresa que acabou de ingressar na B3?

A rede de academias BlueFit cancelou a abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) que estava previsto para esta terça-feira (28). Segundo fontes, a empresa decidiu esperar mais algumas semanas para construir uma base mais firme de potenciais compradores de seus papéis.

Mesmo com uma redução de 20% em sua oferta, a rede não conseguiu atrair mais investidores e a estimativa de conseguir arrecadar 600 milhões de reais com a abertura de capital não foi superada. Todo o dinheiro da oferta da Bluefit, quando ela ocorrer, irá para o caixa da empresa. Os recursos serão usados para abertura de lojas e para eventuais aquisições.

A empresa sinalizou que aceitaria fixar o preço abaixo da faixa indicativa, que era entre R$ 12,25 e R$ 15,25, passando a ser de R$ 9,20 na última sexta-feira (24), o que levaria a uma arrecadação de 300 milhões de reais com o IPO.

A tentativa era de crescer com a demanda do mercado pelo negócio de academias, esperando que esse seria um dos setores mais beneficiados pelo avanço da vacinação contra a Covid-19 e pela retomada da economia. Agora a abertura de capital deve se tornar uma oferta restrita para investidores institucionais, entre eles, fundos e fundações, ainda sem data definida de estreia.

Concorrente da Bluefit, a SmartFit (SMFT3) é a única do setor fitness listada na Bolsa desde o último dia 14 de julho, e que arrecadou R$ 2,3 bilhões em seu IPO, superando 20 vezes a expectativa. A companhia encerrou o primeiro semestre do ano com 981 academias, alta de 15% em um ano.

A companhia ainda não se pronunciou oficialmente sobre o atraso no encerramento do bookbuilding (processo utilizado para definir um preço justo para o IPO) e ainda não houve avisos à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) nem à B3.

Relacionados:

► Depois de sucesso da SmartFit, BlueFit pede aval para IPO ► IPO: Vale a pena investir em uma empresa que acabou de ingressar na B3?

Leia mais: