clique para ir para a página principal

Embraer assina acordo com Fokker para aviação comercial e de defesa

Atualizado em -

Embraer assina acordo com Fokker para aviação comercial e de defesa Divulgação / Embraer
► Embraer tem pedido de 100 eVTOL da Avantto, com entrega prevista para 2026► Embraer capta mais de US$ 500 milhões pelo BNDES para financiar exportação de 24 jatos

Nesta segunda-feira (18), a fabricante brasileira de aeronaves Embraer (EMBR3) informou ao público em geral que assinou um memorando de entendimento com a Fokker Techniek e a Fokker Services para a exploração conjunta nos mercados de defesa, aviação comercial, serviços e suporte.

De acordo com o comunicado da companhia aérea, nos próximos meses, as parceiras debaterão as oportunidades em novos projetos. Para Defesa, isso inclui a aeronave de transporte C-390 Millennium e possíveis especificações do usuário final, bem como futuro suporte à frota.

“Seja o mercado de Defesa com nosso suporte para a aeronave de transporte C-390 Millennium ou qualquer tipo de suporte ou desenvolvimento no mercado aviação Comercial, estamos confiantes de que muitos projetos interessantes surgirão nos próximos anos”, disse Menzo van der Beek, CEO da Fokker Services.

Segundo a Embraer, outras oportunidades de Defesa estão em debate, como a conversão e acabamento de aeronaves de missão e transporte especial. No mercado de aviação Comercial, o suporte de engenharia e logística serão os fatores principais a serem explorados, além do desenvolvimento de aeronaves movidas a hidrogênio.

Além disso, também serão analisados tópicos com suporte de pós-venda, como auxílio a programas, logística, serviços de reparo e outros.

Parceria com NetJets

Na semana passada, a Embraer também anunciou o fechamento de um novo contrato com a NetJets, companhia aérea americana controlada pela Berkshire Hathaway, para a venda de até 100 aeronaves adicionais, totalizando mais de US$ 1,2 bilhão.

Como o Mercado1Minuto registrou aqui, de acordo com a fabricante de aviões, é previsto que a NetJets receba o modelo Phenom 300E da nova encomenda, no segundo trimestre de 2023, para a operação nos Estados Unidos e Europa.

Em nota à imprensa, a Embraer ressaltou que o primeiro acordo de compra da NetJets, aprovado em 2010, envolveu 50 pedidos firmes para os jatos executivos Phenom 300, além de outras 75 aeronaves adicionais.

Relacionados:

► Embraer tem pedido de 100 eVTOL da Avantto, com entrega prevista para 2026► Embraer capta mais de US$ 500 milhões pelo BNDES para financiar exportação de 24 jatos

Leia mais: