clique para ir para a página principal

Grupo Verzani & Sandrini solicita registro para IPO

Atualizado em -

Grupo Verzani & Sandrini solicita registro para IPO Germano Lüders / EXAME
► Varejista Cencosud Brasil, dona do Prezunic, registra pedido de IPO na CVM► RV Tecnologia, de serviços financeiros, registra pedido de IPO na CVM

O grupo especializado na prestação de serviços de limpeza e de segurança patrimonial Verzani & Sandrini solicitou ao CVM (Comissão de Valores Mobiliários) a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), com objetivo de captar recursos para seguir seu desenvolvimento através de aquisições de rivais menores.

O pedido foi feito após a concorrente GPS levantar R$ 2,5 bilhões em um IPO em abril deste ano na B3. De acordo com o prospecto da empresa, o V&S teve receita líquida de R$ 1,75 bilhão em 2020, considerado estável ante o ano anterior, mas o lucro caiu 86,8% para R$ 3,7 milhões.

No IPO, que será coordenado por Itaú BBA, BTG Pactual, Bank of America, UBS-BB e Bradesco BBI, a companhia pretende utilizar os recursos captados para realizar “aquisições estratégicas”. Além disso, os atuais acionistas do grupo, incluindo membros da família fundadora, também planejam vender uma fatia no negócio.

O Verzani & Sandrini foi fundado em 1967 e, atualmente, possui sede em Santo André, na Grande São Paulo. Durante seu longo tempo no mercado, o grupo já adquiriu oito concorrentes de menor porte, após ter admitido como sócia a gestora Neo Investimentos. Em 2020, a V&S também abrigou na sociedade a Kinea, braço de private equity do Itaú Unibanco.

HigiServ

No ano passado, o Verzani & Sandrini assumiu o controle acionário da HigiServ, empresa do segmento de facilities, em Curitiba (PR). De acordo com Fabio Sandrini, CEO do Grupo V&S, a aquisição reforçou a atuação da companhia na região Sul do país.

Embora o controle tenha sido passado para o grupo, a empresa paranaense ainda continuou operando com o mesmo nome, somente se tornando uma marca do Verzani & Sandrini, que manteve suas operações locais. Além disso, não ocorreu interrupção dos contratos existentes na região.

Relacionados:

► Varejista Cencosud Brasil, dona do Prezunic, registra pedido de IPO na CVM► RV Tecnologia, de serviços financeiros, registra pedido de IPO na CVM

Leia mais: