clique para ir para a página principal

Embraer divulga nova linha de aeronaves com tecnologias de propulsão sustentável

Atualizado em -

Embraer divulga nova linha de aeronaves com tecnologias de propulsão sustentável Divulgação / Embraer
► Jatos executivos guiam recuperação da Embraer► Embraer registra prejuízo líquido de R$ 234,2 milhões no 3T21

Nesta segunda-feira (08), a Embraer (EMBR3) anunciou o lançamento da “Energia Family", a linha de aeronaves com tecnologias de propulsão sustentável. O projeto faz parte da iniciativa da fabricante, nomeada como “Sustainability in Action”, cujo objetivo é ajudar a indústria aeronáutica a atingir a meta zero de emissões líquidas de carbono.

Com isso, a série “Energia” possui quatro aeronaves comerciais conceituais de portes variados, sendo que cada uma delas possui uma tecnologia de motorização diferente de baixa ou zero emissão de carbono. Os aviões foram fabricados com motores elétricos, célula de combustível de hidrogênio, turbina a gás de duplo combustível e híbrido-elétrico.

Segundo a Embraer, cada aeronave está sendo avaliada de acordo com sua viabilidade técnica e comercial. No entanto, a fabricante não determinou datas sobre o lançamento dos projetos.

Todavia, a companhia divulgou os prazos em que estima que as novas tecnologias estejam disponíveis, o que pode acontecer entre os anos de 2035 e 2040. A Embraer acredita que há uma demanda potencial para 4.000 aeronaves com os novos recursos nos próximos 20 anos.

“Não há solução fácil ou única para chegar à emissão zero. Novas tecnologias e sua infraestrutura de suporte serão disponibilizadas com o tempo. Estamos trabalhando agora para ajustar os primeiros conceitos de avião, aqueles que podem começar a reduzir as emissões o quanto antes”, explicou Luis Carlos Affonso, vice-presidente sênior de Engenharia, Tecnologia e Estratégia Corporativa da Embraer.

De acordo com o executivo, aeronaves pequenas são ideais para testar e comprovar novas tecnologias de propulsão para que depois as técnicas sejam aplicadas em aeronaves maiores.

Aeronaves

O Energia Hybrid é um avião de pequeno porte para nove passageiros, o mesmo é proposto com motorização híbrida-elétrica. Como nos carros híbridos, o projeto da Embraer sugere fundir a força de motores elétricos com propulsores convencionais, no caso turboélices movido a SAF (Combustível Sustentável de Aviação), para reduzir em até 90% as emissões de CO2.

Outro modelo de pequeno porte é o Energia Electric, com capacidade para nove ocupantes, a aeronave é um conceito de avião com motor elétrico e hélices contra-rotativas (que giram em sentidos opostos). Portanto, é um veículo aéreo de zero emissão de CO2.

A Energia H2 Fuel Cell Gas Turbine também é um avião de zero emissão de CO2, com 19 assentos e conta com um motor de propulsão elétrica de hidrogênio. Ou seja, essa criação será equipada com um gerador de energia próprio (alimentado pela reação química entre hidrogênio e oxigênio), que por sua vez fornecerá eletricidade para os motores e a hélice na parte traseira da aeronave.

Por último, o Energia Gas Turbine é o maior da série conceitual, com capacidade entre 35 e 50 passageiros, ele promete reduzir 100% das emissões de CO2 utilizando motores de bicombustíveis, movidos a hidrogênio ou SAF. Por ser o maior de todos, a tecnologia é prevista para estar pronta em 2040.

Relacionados:

► Jatos executivos guiam recuperação da Embraer► Embraer registra prejuízo líquido de R$ 234,2 milhões no 3T21

Leia mais: