clique para ir para a página principal

Anvisa recomenda que voos de parte da África sejam alvo de restrições por variante da Covid

Atualizado em -

Anvisa recomenda que voos de parte da África sejam alvo de restrições por variante da Covid Henrique Kawaminami
► Fiocruz: IFA nacional passará por 14 testes nos Estados Unidos► Empresas aéreas terão de fiscalizar regras de entrada nos EUA

A notícia de que uma nova variante da Covid-19 foi registrada na África do Sul motivou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a emitir recomendação nesta sexta-feira (26) para que o governo brasileiro adote medidas de restrições para voos e viajantes vindos de parte da África. Segundo o documento, deveriam ser suspensos os voos vindos dos seguintes países: África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

A agência recomenda a suspensão de todos os voos e da entrada de estrangeiros vindos desses países e quarentena para brasileiros ou residentes legais que tiveram passagem por um desses países nos últimos 14 dias que antecedem a entrada no Brasil.

Junto com o documento, a Anvisa reforça que a efetivação das medidas sugeridas depende de portaria interministerial editada conjuntamente pela Casa Civil, pelo Ministério da Saúde, pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Nesta quinta (25), o Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul confirmou a descoberta de uma nova variante do coronavírus, chamada de B.1.1.529 e responsável por 22 casos de covid-19 no país até o momento.

Relacionados:

► Fiocruz: IFA nacional passará por 14 testes nos Estados Unidos► Empresas aéreas terão de fiscalizar regras de entrada nos EUA

Leia mais: