clique para ir para a página principal

FGV aponta recuo de 3,1 pontos na confiança da indústria

Atualizado em -

FGV aponta recuo de  3,1 pontos na confiança da indústria Stadt Dortmund / Klaus Körmann
► Câmara aprova texto-base da MP que cria Auxílio Brasil► BC anuncia estreia do Pix Saque e Pix Troco a partir da próxima segunda-feira (29)

Divulgado nesta sexta-feira (26) pela Fundação Getulio Vargas, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 3,1 pontos em novembro para 102,1 pontos e atingiu o menor nível desde agosto de 2020 (98,7 pontos). Essa é a quarta queda consecutiva do índice.

De acordo com a FGV, a piora foi decorrente de uma deterioração do cenário corrente e de piora das perspectivas futuras.

Em destaque, a maior queda foi no Índice da Situação Atual, que mede a confiança do empresário da indústria em relação ao presente, que caiu a 4,6 pontos, somando 103,7 pontos. Com redução de 7,9 pontos, a avaliação sobre o nível de estoques foi a maior influência para o resultado.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) recuou 0,6 ponto percentual, para 80,7%. O Índice Situação Atual (ISA) caiu 4,6 pontos, para 103,7 pontos, menor valor desde agosto de 2020 (97,8 pontos).

O Índice de Expectativas também caiu a 1,6 ponto, totalizando 100,3 pontos. A avaliação sobre o emprego previsto para os próximos meses foi o que puxou o indicador para baixo, ao recuar 4,3 pontos.

"A retração da confiança ocorre em um momento em que a inflação avança, reduzindo a capacidade de compra dos consumidores, ao mesmo tempo em que o desemprego continua elevado. Soma-se a esses pontos choques de custos e gargalos de logística. Como resultado, o setor pode terminar 2021 com o otimismo em queda”, diz Claudia Perdigão, economista da FGV.

Mesmo que as expectativas sobre a produção para os próximos três meses tenham subido 1,5 ponto para 99,9 pontos, com dois meses de quedas, a tendência dos negócios para os próximos seis meses continua caindo 2,1 pontos em novembro, para 97,2 pontos.

A pesquisa coletou informações de 1.059 empresas entre os dias 3 e 24 deste mês. A próxima Sondagem da Indústria acontecerá em 27 de dezembro.

Relacionados:

► Câmara aprova texto-base da MP que cria Auxílio Brasil► BC anuncia estreia do Pix Saque e Pix Troco a partir da próxima segunda-feira (29)

Leia mais: