clique para ir para a página principal

Santos fecha patrocínio com corretora cripto e vai lançar NFTs e fan token

Atualizado em -

Santos fecha patrocínio com corretora cripto e vai lançar NFTs e fan token Divulgação | Santos F.C.
► Twitter confirma ter equipe desenvolvendo ferramentas para uso de criptomoedas► Startup de criptomoeda MoonPay levanta US$ 555 milhões em rodada de investimentos

O Santos Futebol Clube anunciou nesta sexta-feira (26) uma parceria com a exchange Binance, que emitirá fan tokens (criptoativos que podem ser utilizados em troca de benefícios e recompensas pelos seus proprietários) e NFTs do clube. A marca da plataforma de negociação de criptoativos será estampada na camisa do clube durante todo o período do acordo, válido por três anos

Segundo a Binance, a parceria renderá US$ 10 milhões ao clube paulista. O Santos é o quinto time brasileiro a emitir seus próprios criptoativos. Anteriormente, o Atlético-MG, Corinthians, Flamengo e São Paulo já haviam lançado seus fan tokens. No entanto, o Santos foi o primeiro a ter realizado a operação pela Binance, e não na plataforma Socios.com.

“O esforço conjunto em torno do lançamento do token ajudará o Santos FC a explorar novas oportunidades de marca para criar uma experiência de engajamento para o torcedor muito mais propositiva e intuitiva, permitindo que eles se envolvam com o clube de novas e emocionantes maneiras, incluindo recompensas baseadas em engajamento, interatividade e muito mais", explicou a Binance em comunicado.

Para Changpeng “CZ” Zhao, CEO e cofundador da Binance, a parceria com o Santos é um marco para a empresa. O acordo acontece em um momento em que diversas companhias ligadas ao setor de criptoativos têm buscado exposição entre marcas famosas do cenário esportivo, sejam clubes, entidades ou até espaços físicos. Por exemplo, a Fórmula 1, a MotoGP, o UFC, o NBA e a NFL já possuem acordo com marcas como a Binance, a FTX ou a Crypto.com.

"Junto do mercado de apostas, as plataformas de criptomoedas e outros ativos digitais, como NFTs e fan tokens, já se posicionam como um dos setores mais agressivos a investir no esporte e no entretenimento, buscando se consolidar rapidamente no mainstream através desse universo marcado pela visibilidade e engajamento dos fãs. Hoje já há uma escassez de propriedades relevantes disponíveis no mercado para essa categoria", explica Felipe Soalheiro, fundador da agência SportBiz Consulting.

Copa Libertadores

Nesta quinta-feira (25), a plataforma de criptomedas Crypto.com anunciou a parceria com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A empresa já havia fechado acordos com a Fórmula 1 e com o time PSG (Paris Saint-Germain Football Club).

Com isso, o acordo faz da plataforma de criptoativos um parceiro oficial da Copa Libertadores da América. Agora, a Crypto.com emitirá NFTs oficiais da competição a partir do ano que vem, além da exposição da marca no VAR (Video Assistant Referee, em inglês), nos estádios, eventos e transmissões da competição.

Relacionados:

► Twitter confirma ter equipe desenvolvendo ferramentas para uso de criptomoedas► Startup de criptomoeda MoonPay levanta US$ 555 milhões em rodada de investimentos

Leia mais: