clique para ir para a página principal

Embraer e Pratt & Whitney anunciam parceria para desenvolver combustíveis sustentáveis

Atualizado em -

Embraer e Pratt & Whitney anunciam parceria para desenvolver combustíveis sustentáveis Divulgação/ Embraer
► Embraer e Centro Aeroespacial da Holanda assinam memorando para colaboração► Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje

A Embraer (EMBR3) informou nesta terça-feira (30) uma parceria com a Pratt & Whitney para colaboração nos estudos de Combustível de Aviação 100% Sustentável (SAF, na sigla em inglês).

As equipes técnicas de ambas as companhias irão trabalhar em conjunto para definir um plano integrado de testes de solo e voo com uso de 100% de SAF, em uma aeronave E195-E2, da Embraer, com motores GTF.

De acordo com o comunicado divulgado, a iniciativa representa o compromisso das empresas em apoiar metas ambientais da indústria da aviação, incluindo a meta de atingir zero emissões líquidas de CO2 nos voos até 2050.

A Embraer ressalta que o SAF é produzido a partir de matérias-primas renováveis, como óleo de cozinha usado ou resíduos sólidos urbanos, e podem reduzir as emissões de CO2 do ciclo de vida em até 80%, em comparação com o combustível fóssil para aviação.

“Temos o compromisso de aprimorar continuamente a eficiência e o desempenho de nossos produtos e, ao ampliar ainda mais sua compatibilidade com o SAF, possibilitaremos que nossos clientes operem da forma mais sustentável possível”, diz o presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial, Arjan Meijer.

Os padrões técnicos elaborados pela ASTM International permitem que as aeronaves operem com SAF em misturas de até 50% com querosene. Segundo a companhia, os estudos entre fabricantes aeronáuticos, fornecedores de combustível e reguladores permitirá que novos padrões certifiquem a operação com 100% SAF.

“A Embraer tem um histórico reconhecido de inovação em combustíveis sustentáveis, o que inclui a primeira aeronave certificada a operar com etanol, em 2004, e a colaboração é um pré-requisito essencial para que nossa indústria alcance nossos objetivos ambientais. Estamos muito satisfeitos com a parceria com a Pratt & Whitney para esta tarefa crítica de possibilitar a operação de aeronaves com 100% SAF”, finaliza Arjan.

Relacionados:

► Embraer e Centro Aeroespacial da Holanda assinam memorando para colaboração► Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje

Leia mais: