clique para ir para a página principal

Bolsa brasileira fecha em alta de +0,46%

Atualizado em -

Bolsa brasileira fecha em alta de +0,46% Tezos | Unsplash
► Reserva de emergência: antes de avançar com seus investimentos, construa sua segurança financeira► Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,306 bilhão

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

O principal índice da bolsa brasileira subiu +0,46%, aos 105.499 pontos nesta terça-feira (21), após duas sessões de queda, acompanhando desempenho positivo dos ativos de risco em todo o globo, na sequência de tombo na véspera por temores da Ômicron.

As Bolsas em Nova York ganharam fôlego durante discurso do presidente Joe Biden sobre a situação da Covid-19 nos Estados Unidos, com o avanço da variante ômicron.

Biden afirmou que o país está pronto para uma operação hospitalar em larga escala, disse que o governo vai ampliar a testagem e a distribuição de vacinas, mas não chegou a anunciar medidas restritivas.

O Ibovespa também foi impulsionado pela Vale (VALE3), cujos papéis subiram 2,63%, na esteira da alta do minério de ferro no exterior. A tendência de crescimento dos preços da commodity é intensificada pelas expectativas de que a China aumente os estímulos à sua economia no ano que vem.

Enquanto isso o dólar comercial fechou com uma queda de 0,07%, a R$ 5,738 na compra e R$ 5,739 na venda.

Maiores altas:

  • Embraer EMBR3 +16,02% R$ 23,10
  • Azul AZUL4 +7,87% R$ 26,44
  • Locaweb LWSA3 +6,51% R$ 13,59

Maiores baixas:

  • Alpargatas ALPA4 -4,37% R$ 37,00
  • Banco Inter BIDI4 -3,65% R$ 9,51
  • IRB IRBR3 -3,10% R$ 4,06

Relacionados:

► Reserva de emergência: antes de avançar com seus investimentos, construa sua segurança financeira► Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,306 bilhão

Leia mais: