clique para ir para a página principal

Ibovespa fecha em baixa de -0,39%; dólar sobe para R$ 5,68

Atualizado em -

Ibovespa fecha em baixa de -0,39%; dólar sobe para R$ 5,68 Austin Distel | Unsplash
► Reserva de emergência: antes de avançar com seus investimentos, construa sua segurança financeira► Toyota supera GM pela 1ª vez e se torna montadora que mais vendeu carros nos EUA

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -0,39% cotado aos 103.513 pontos acompanhando o mercado externo e os investidores continuam a repercutir falas do líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), que mencionou - em entrevista ao Valor Econômico - uma possível revisão do teto de gastos.

Além disso, pesa também a sinalização de que Lula, em primeiro lugar atualmente nas pesquisas e intenção de voto para a presidência, pode incluir o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega em sua equipe.

Hoje, nos EUA, mesmo com dados econômicos relativos ao setor industrial e ao mercado de trabalho frustrando os consensos, os yields dos títulos do tesouro do país registram alta considerável. O que tem vencimento em dez anos, por exemplo, avançou 24 pontos-base, para 1,654%.

O relatório Jolts, divulgado nesta tarde, mostrou que as vagas de trabalho em aberto nos Estados Unidos caíram em 529 mil (para 10,6 milhões) no último dia de novembro. O dado serve como uma medida para a demanda por mão-de-obra no país. Economistas previam queda para 11,07 milhões de vagas em aberto.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +0,48%, a R$ 5,6897.

Maiores altas:

  • CSN Mineração CMIN3 +7,09% R$ 7,55
  • Itaú ITUB4 +2,84% R$ 22,12
  • Klabin KLBN11 +2,55% R$ 26,17

Maiores baixas:

  • Banco Inter BIDI11 -13,68% R$ 24,30
  • Petz PETZ3 -8,91% R$ 14,41
  • Banco Pan BPAN4 -7,82% R$ 9,43

Relacionados:

► Reserva de emergência: antes de avançar com seus investimentos, construa sua segurança financeira► Toyota supera GM pela 1ª vez e se torna montadora que mais vendeu carros nos EUA

Leia mais: