clique para ir para a página principal

Nova onda de covid fecha agências bancárias em vários Estados

Atualizado em -

Nova onda de covid fecha agências bancárias em vários Estados Divulgação | Agência Pará
► Ômicron e influenza frustram planos de volta ao escritório► Latam cancela voos após aumento de casos de covid-19 e influenza► Pandemia e crise hídrica fizeram inflação estourar meta, diz BC

(Estadão Conteúdo) - O aumento de casos de covid-19 com a maior circulação da variante Ômicron já deixa cidades sem os serviços bancários presenciais no interior de São Paulo e também em outros Estados, como Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Segundo a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, em ao menos 20 cidades paulistas - entre elas, centros importantes como Campinas, São José dos Campos, Sorocaba e Ribeirão Preto - agências tiveram de suspender o atendimento depois que funcionários testaram positivo para a doença. Na maioria dos casos, o atendimento foi retomado em um ou dois dias, para limpeza das instalações.

Em cidades menores, moradores têm de se locomover a outras municípios. Na segunda-feira, Paulo Theófilo, encarregado de uma empresa de avicultura, procurou a agência do Banco do Brasil, a única da cidade de Pereiras, que estava fechada. Ele tentou primeiro contato na cidade vizinha de Conchas e, depois, em Cesário Lange, mas os atendimentos também estavam suspensos.

Em Piracicaba, ao menos 35 bancários testaram positivo desde o início do ano, segundo o sindicato regional dos bancários. Uma agência do Itaú suspendeu o atendimento por duas semanas. Unidades do Santander e do Bradesco também fecharam para limpeza. Em Sorocaba, ao menos seis agências interromperam o atendimento.

Região Sul

No Rio Grande do Sul, ao menos 40 agências - a maioria do Banrisul - foram fechadas desde a semana passada. Pela mesma razão, o banco também fechou agências em Santa Catarina.

Em nota, o Banrisul informou que, quando um caso é detectado, a agência recebe tratamento especial de limpeza e todos os colaboradores que tiveram contato com aquele que testou positivo nas 48 horas anteriores aos sintomas são encaminhados para testagem.

No Paraná, três agências fecharam em Maringá depois da confirmação de casos positivos de covid, segundo o sindicato dos bancários. Em Londrina, duas agências também fecharam. Cartazes afixados na entrada informam sobre o fechamento temporário.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que a atividade bancária faz parte do grupo dos serviços essenciais e disse que as medidas de higienização foram intensificadas. A federação dos bancários, porém, aponta um afrouxamento dos protocolos contra a covid-19.

Relacionados:

► Ômicron e influenza frustram planos de volta ao escritório► Latam cancela voos após aumento de casos de covid-19 e influenza► Pandemia e crise hídrica fizeram inflação estourar meta, diz BC

Leia mais: